iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/11 - 20:23

Pela última vez, Fortaleza ignora atraso salarial para não cair

Elenco tenta novamente esquecer os problemas administrativos para vencer o Brasiliense e seguir na Série A

Gazeta Esportiva

FORTALEZA - Com a promessa de manter o espírito decisivo, os jogadores do Fortaleza terão às 16h20 (de Brasília) deste sábado uma ingrata missão pela última vez na temporada. Convivendo com salários atrasados, o elenco tenta novamente esquecer os problemas administrativos para vencer o Brasiliense e selar a permanência na Série B na última rodada.

Ao contrário do que havia prometido, a diretoria não acertou os vencimentos com os atletas e causou irritação em alguns deles. O técnico Heriberto da Cunha, no entanto, já lidou com esta dificuldade na reta final da campanha e por isso tem experiência para manter a motivação da equipe, que se encheu de ânimo ao bater o Bragantino na rodada passada e sair da zona de rebaixamento.

Em 16º lugar, o Tricolor cearense reverteu os péssimos resultados que conquistou ao longo da Segundona e depende só de si para não jogar a terceira divisão em 2009. Uma chance que será bem aproveitada apenas se o elenco não ficar entusiasmado pelo último resultado ou pressionado com o Castelão, que deve estar lotado. “O momento é de concentração. É hora de buscar máximo de cada um para conquistarmos essa vitória no sábado”, ensina o goleiro Tiago Cardoso.

Com este espírito, Heriberto quer passar confiança a seus jogadores e por isso não fará nenhuma mudança na equipe que venceu em Bragança Paulista no último sábado. Uma prova de que esta formação tem condições de evitar o temido rebaixamento no ano em que o time conquistou o campeonato cearense.

“Acho que repetir a equipe é muito bom, porque entrosa mais e o grupo fica forte. Fizemos uma boa partida contra o Bragantino e temos tudo para repetir esse desempenho no próximo sábado”, confia o volante Rogério.

Diferentemente do aspecto decisivo para os donos da casa, o Brasiliense teoricamente viaja para o Nordeste apenas para cumprir tabela e se despedir de 2008. O elenco, porém, conta com um jogador que promete fazer de tudo pelos três pontos, mesmo já sem chances de subir para a primeira divisão ou cair para a Terceirona: o goleiro Guto.

“Quero ganhar essa partida porque gosto do Marília, moro na cidade, conheço alguns jogadores do clube e não gostaria de vê-los rebaixados”, diz o arqueiro, lembrando que até mesmo um empate em Fortaleza pode ajudar a equipe paulista, que começa a última rodada na zona de rebaixamento.

E é na vontade de seu camisa 1 que o técnico Reinaldo Gueldini quer ver seus jogadores inspirados. Apesar de ser um ‘amistoso’, o chefe trata a partida como qualquer uma, valendo os três pontos, e adotou a mesma estratégia que escolheu ao longo do torneio como visitante: não dar espaços na defesa.

“Esse tipo de formação costumamos usar fora de casa. Precisamos ter a mesma motivação, porque revertemos uma situação de quase rebaixamento e não podemos deixar nosso ritmo cair”, requisitou o treinador.

Em campo, o Jacaré terá que mudar a defesa e o ataque. Na zaga, o lesionado Aílson e o suspenso Fábio Braz serão substituídos por Júnior Baiano e Santiago. Na frente, Jóbson, machucado, e Diogo, que recebeu o terceiro cartão amarelo, cedem suas vagas para Iranildo e Leandro Netto.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA X BRASILIENSE

Local:
Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 29 de novembro de 2008, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Carlos Lustosa Filho e Jose Nilton da Costa (ambos do PI)

FORTALEZA: Tiago Cardoso; Juninho, Gaúcho e Preto; Simão, Erandir, Rogério, Zé Eduardo e Eusébio; Nei Paraíba e Osvaldo
Técnico: Heriberto da Cunha

BRASILIENSE: Guto; Patrick, Júnior Baiano, Santiago e Edinho; Coquinho, Juninho, Marcinho e Adrianinho; Iranildo e Leandro Netto
Técnico: Reinaldo Gueldini


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo