iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/11 - 16:18

Jorginho defende Adriano: “Na seleção, nunca tivemos problemas”

Centroavante teve postura exemplar na concentração com os colegas de seleção no amistoso contra Portugal 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A recente polêmica de que o atacante Adriano estava com os dias contados na Internazionale de Milão por falta de disciplina não tiraram o jogador da seleção brasileira. O Imperador foi convocado na última semana para o amistoso com Portugal em Brasília e saiu do banco para marcar o último gol da goleada por 6 a 2 sobre os lusitanos no Estádio Bezerrão.

No entanto, não foi a cabeçada certeira de Adriano nos acréscimos da partida que animaram a comissão técnica da equipe verde-amarela. Para o auxiliar Jorginho, o centroavante teve uma postura exemplar na concentração com os colegas de seleção e sempre se adequou às normas criadas pela CBF. “Sempre foi assim com esse jogador, nunca foi diferente”, sintetizou o ex-lateral-direito.

Mas... e quanto aos problemas de Adriano na Inter de Milão? Em 2007, sob o comando do técnico Roberto Mancini, o brasileiro foi afastado da equipe após ser flagrado várias vezes na noite italiana e inclusive admitiu estar sofrendo com o vício do alcoolismo naquela ocasião.

Após se recuperar no São Paulo e retornar ao San Siro no meio deste ano, já com o português José Mourinho orientando o time, novamente o Imperador foi afastado por chegar atrasado aos treinamentos. Jorginho, todavia, defendeu Adriano.

“Precisamos entender que o atleta tem que cumprir suas tarefas dentro do clube, mas também tem sua vida particular. Se ele quiser sair e fazer o que quiser, isso é problema dele”, opinou o auxiliar técnico de Dunga. “Trata-se de uma questão que a Inter deve analisar. Na seleção, nunca tivemos problemas com o Adriano. Tudo correu sempre muito bem”, encerrou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo