iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 22:08

Zico defende jogo limpo e critica 'mala branca'
"Quem leva dinheiro para ganhar também pode levar para perder", declarou Zico

Agência Estado

RIO DE JANEIRO - "Em meio à polêmica sobre a circulação de malas brancas pelos bastidores do futebol nesta reta final de Campeonato Brasileiro, o ídolo do Flamengo e agora treinador, Zico, defendeu o jogo limpo. A exemplo do que fazia em campo, partiu para o ataque e criticou, em tom de indignação, qualquer incentivo financeiro que um clube oferece a atletas do outro para conseguir resultados que lhe interessam.

"Quem leva dinheiro para ganhar também pode levar para perder", declarou Zico, durante coletiva nesta quinta-feira no centro de treinamento que carrega seu nome, no Recreio dos Bandeirantes, sobre a edição de 2008 do Jogo das Estrelas. A partida beneficente será disputada no dia 23 de dezembro, no Maracanã, com a presença confirmada de Rivaldo e Ronaldo Fenômeno.

Atual técnico do desconhecido Bunyodkor, do Uzbequistão, Zico foi mais a fundo no polêmico assunto. Tal prática é tão antiga que ele já viu a mala branca circular quando vestia a camisa 10 do Flamengo na Copa Libertadores da América de 1981.

Segundo Zico, na época, um representante do Atlético Mineiro ofereceu num restaurante de Assunção um doping financeiro para os jogadores do Cerro Porteño e do Olímpia, equipes do Paraguai, derrotarem o time carioca nas duas últimas rodadas do grupo 3.

Com isso, o Flamengo seria eliminado e o Atlético MG avançaria. Não deu certo. "No meu tempo existia mala preta, roxa, branca...", contou, sem entrar em mais detalhes. "Vejo jogadores atuais afirmando que dinheiro extra é bem-vindo. Que isso! Sou totalmente contra".


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo