iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 01:26

Tite teme que a vaidade atrapalhe os jogadores na final em Porto

Técnico fez questão de destacar que título não está definido e que Estudiantes pode vencer Inter no Beira-Rio

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Após a vitória do Internacional por 1 a 0 na Argentina sobre o Estudiantes, o técnico Tite disse que a equipe tem de manter os pés no chão para o jogo de volta contra o Estudiantes.

“Temos que fazer nossa parte e não deixar a vaidade nos trair. Não tem nada definido, da mesma forma que temos capacidade de vencer o adversário há 43 jogos invicto, eles tembém têm condições de, na nossa casa, saírem vencedores”.

Na coletiva do treinador do Internacional, ele também falou sobre a expulsão do volante Guiñazu aos 15 minutos do primeiro tempo da partida e a doação dos jogadores pelo argentino: “Penso que o critério (da expulsão) foi demasiado forte. O aspecto solidário é bonito. Futebol tem 90 minutos e você participa três, os outros tem que correr para a equipe. Só vamos conquistar alguma coisa se for assim, para o Guiñazu e para o Inter. Esse espírito entra dentro de campo na quarta-feira”.

Segundo Tite, o Internacional mereceu a vitória porque foi melhor em campo e soube lidar com a pressão da equipe argentina. “Estou feliz não porque o time encontrou o placar, mas porque mereceu o placar. Não tem nada definido, mas hoje jogou melhor”.

Por fim, o técnico colorado traçou metas para o jogo de volta no Beira-rio, no dia 3 de dezembro: “Produzir. Respeitar o adversário, respeitar nosso trabalho e nossa ambição”.


Leia mais sobre: Internacional Estudiantes Tite Copa Sul-Americana



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo