iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 13:11

Sondas nega ajuda por Wendel, mas pode ajudar a contratar Bida

Empresa não achou interessante pagar US$ 1,5 milhão em um jogador de 27 anos; Bida deve ser contratado

Gazeta Esportiva

SANTOS - O Santos viu sua idéia de contar com o apoio do grupo Sondas, parceiro do clube para o ano que vem, frustar as suas intenções de contratar em definitivo o lateral Wendel junto ao Palmeiras. A empresa considera fora de propósito investir US$ 1,5 milhão (R$ 3,39 milhões) em um jogador de 27 anos.

No planejamento dos investidores, a meta é investir em atletas jovens e que ainda tenham mercado para serem negociados com o exterior futuramente. Dentro desse plano de ação estabelecido pelo Sondas, a contratação em definitivo de Wendel – volante de origem e emprestado até o final do ano – dificilmente deve acontecer.

“Tentamos de todas as formas, mas não temos condições, dentro das nossas limitações financeiras, de comprá-lo”, informou o diretor de futebol alvinegro, Adilson Durante Filho.

Na visão do dirigente santista, a única forma do jogador permanecer na Vila Belmiro seria através de um acordo entre as duas diretorias para que Wendel tenha o seu empréstimo renovado. “Vamos tentar junto ao Palmeiras um reempréstimo para que ele continue conosco. Entendemos que, sem dúvida, esse atleta ajudaria muito o nosso elenco em 2009”, comentou Durante.

O sócio de Delcir Sonda, Guilherme Miranda, confirma que não há o interesse do grupo Sondas em investir tais valores na aquisição de Wendel, mas garante que Bida interessa. “Não tivemos interesse em contratar o Wendel”, afirmou Miranda ao jornal A Tribuna. “O Bida tem mais a ver como o nosso perfil. Vamos investir nele”, garantiu.


Leia mais sobre: Bida Wendel Santos



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo