iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 18:08

Reebok acusa Vasco de não cumprir contrato
Segundo a empresa, não houve acordo, ao contrário do que afirma o clube, para o rompimento do compromisso

Agência Estado

RIO DE JANEIRO - Atual fornecedora de material do Vasco, a Reebok acusou, em nota oficial, o clube de não cumprir o contrato. Segundo a empresa, não houve acordo, ao contrário do que afirma a direção vascaína, para o rompimento do compromisso, que só encerraria em dezembro de 2009.

"Em momento algum a Reebok foi comunicada oficialmente pelo Vasco da Gama sobre rompimento ou rescisão do contrato para a entrada de outra empresa fornecedora; a Reebok, surpreendentemente, só tomou conhecimento da decisão do clube através da imprensa".

Além disso, a Reebok acusa a equipe carioca de ter quebrado a cláusula de confidencialidade do contrato. "A cláusula de "confidencialidade" sobre termos, condições e valores prevista contratualmente foi quebrada inúmeras vezes pelo Vasco da Gama com as declarações irresponsáveis e incompletas do senhor José Henrique Coelho, diretor do Club de Regatas Vasco da Gama".

Na última semana, o Vasco revelou que a Champs passará a produzir o uniforme da equipe a partir de janeiro de 2009. Mas a Reebok demonstrou que pretende manter a parceria com o clube.

"A Reebok continuará cumprindo, assim como o vem fazendo desde 01 de julho de 2006, todas as cláusulas e obrigações contratuais em respeito à grande torcida, irretocável tradição do Club de Regatas Vasco da Gama e aos princípios éticos e profissionais que acredita serem inerentes a este tipo de relação."


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo