iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 16:06

Provocado, dirigente gremista rebate presidente do Inter

Sul-Americana e Libertadores são os temas das alfinetadas trocadas entre Vitorio Piffero e And´ré Krieger

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Provocação de um lado, provocação de outro. Assim é a rivalidade Gre-Nal. Ao fim da partida de quarta-feira contra o Estudiantes, o presidente do Inter, Vitório Piffero, ironizou os gremistas.

“O Estudiantes tinha a fama de virar jogo com sete. Nós, com dez, garantimos uma vantagem significativa para a próxima quarta-feira no Beira-Rio”, disse após a vitória colorada por 1 a 0 na primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

A frase tinha um alvo certo: o rival Grêmio. Na Libertadores de 83, o Tricolor enfrentou o mesmo Estudiantes e vencia por 3 a 1 lá na Argentina. E os hermanos, com somente sete jogadores em campo, conseguiram empatar a partida.

A mira do mandatário colorado está boa e a resposta do Olímpico já veio. “Ganhando do Ipatinga o Grêmio praticamente assegura a vaga na Libertadores, entrando pela porta da frente na competição, como um grande clube tem de fazer”, rebateu o assessor de futebol gremista, André Krieger, em entrevista à Rádio Gaúcha.

O Inter tenta conseguir uma vaga para próxima Libertadores através da conquista da Sul-Americana. Para isso, os colorados esperam a exclusão de clubes peruanos da competição numa punição da Fifa à Federação peruana de Futebol.

Mesmo que isso ocorra, dificilmente o campeão da Sul-Americana consiga um lugar na principal competição das Américas. Caso a punição ocorra, as três vagas que ficariam em aberto seriam sorteadas.

As provocações de Krieger não pararam por aí. O Grêmio ainda briga para terminar o Campeonato Brasileiro no G-4. Um dos oponentes do tricolor na disputa é o Cruzeiro, adversário colorado no fim de semana. Priorizando a Sul-americana há algumas rodadas, os colorados mais uma vez deverão entrar em campo com um time reserva.

“Inter e Cruzeiro é um jogo jogado. Deve ganhar o Cruzeiro com facilidade. O Fluminense teve toda a facilidade no Beira-Rio. O Inter deve preservar seus jogadores para a finalíssima e conquistar esse título inédito. Eles estão envolvidos nessa extraordinária Copa Sul-Americana”, ironizou Krieger.


Leia mais sobre: Internacional Grêmio



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo