iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 00:41

Inter comemora perfeição tática após triunfo fora de casa
“Taticamente, a equipe foi perfeita. Sem o Guiñazu conseguimos fazer duas linhas de quatro marcadores e segurar", disse Marcão

Gazeta Esportiva

LA PLATA (Argentina) - Aos 25 minutos do primeiro tempo, o Internacional teve o volante Guiñazu expulso e, sem seu principal marcador, teve que segurar os avanços do Estudiantes. Até o fim do jogo, o time se postou defensivamente com muita eficiência para garantir a vitória por 1 a 0 com gol de pênalti anotado por Alex. Após o jogo, o elenco exaltou o trabalho tático feito.

“Taticamente, a equipe foi perfeita. Sem o Guiñazu conseguimos fazer duas linhas de quatro marcadores e segurar. O Estudiantes teve mais posse, mas chances claras de gol não teve. Estamos de parabéns. Conseguimos uma ótima vantagem, mas falta mais 90 minutos”, comemorou o lateral Marcão.

O capitão Edinho foi outro a exaltar o trabalho de posicionamento da equipe e ainda apontou o técnico Tite por isso: sem mexer na equipe, conseguiu transformar o esquema tático, suprindo defensivamente a ausência de um jogador. Para Edinho, perfeito foi seu comandante nesta quarta-feira.

“O Tite, taticamente , é o melhor treinador com quem já trabalhei. Ele é perfeito, consegue expressar muito bem tudo o que ele quer e hoje deu uma aula tática”, exaltou o volante. A boa atuação fora de casa, quebrando seqüência de 43 vitórias do Estudiantes em seu estádio, contagiou também o camisa 10 Alex.

“Hoje nosso time teve o mérito de ser inteligente. Teve paciência, calma, deu poucas oportunidades de gol ao Estudiantes, e quando deu foi normal, porque o campo é muito grande. É legal o nível que conseguimos atingir hoje”, opinou o responsável pelo gol da vitória.

Leia mais sobre: Internacional Copa Sul-Americana



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo