iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/11 - 11:31

Ex-jogador da seleção chinesa é condenado à morte
Wen Junwu, que atuou pela seleção sub-20 da China e pelo Guangzhou Apollo, assumiu o assassinato de um homem

 

Gazeta Esportiva

PEQUIM (China) - Wen Junwu, ex-jogador da seleção sub-20 da China, foi condenado à morte pela Justiça de seu país. Aos 30 anos, o ex-meia se confessou culpado pela morte de um homem, que foi esfaqueado por conta de um esquema de apostas ilegais.

O ex-jogador do Guangzhou Apollo (atualmente Guangzhou Pharmaceutical) devia cerca de US$ 12 mil à vítima, que não teve seu nome divulgado. Endividado, Junwu ainda foi acusado de roubar US$ 150 no crime, que teria sido cometido com o apoio de dois comparsas.

As denúncias de ligações com apostas já haviam comprometido a carreira de Wen Junwu, que foi banido do futebol junto com um treinador e dois jogadores pelo menos motivo. Entretanto, mesmo condenado à morte, o ex-jogador ainda pode ter sua pena revista.

Graças às leis dos sistema penal chinês, Junwu ainda tem a chance de transformar sua condenação em prisão perpétua. Para isso, precisará ter bom comportamento nos próximos dois anos, quando permanecerá recluso.


Leia mais sobre: Wen Junwu Guangzhou Apollo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo