iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/11 - 00:49

Schuster: 'Classificação dá tranqüilidade ao Real Madrid'
Com vaga garantida nas oitavas da LC, técnico quer se concentrar no Campeonato Espanhol

Trivela.com

MADRI (Espanha) - O técnico do Real Madrid, Bernd Schuster, comemorou a classificação antecipada para as oitavas-de-final da Liga dos Campeões, por considerar que ela dá tranqüilidade a equipe. Com a vitória por 1 a 0 sobre o BATE Borisov, em Minsk, o time confirmou sua classificação na penúltima rodada do grupo H, já que não pode mais ser alcançado pelo Zenit St. Petersburg, que ficou no 0 a 0 com a Juventus.

'Muitos fatores estavam contra nós esta noite, mas a Juventus nos ajudou e conseguimos garantir a classificação para as oitavas', afirmou Schuster após a partida. 'É um momento muito positivo, já que podemos nos concentrar no Campeonato Espanhol e não pensar tanto no jogo contra o Zenit'.

Schuster tenta sair de uma situação de pressão por causa das más atuações da equipe nas últimas semanas. Sua demissão chegou a ser especulada, a ponto de fazer a direção do clube convocar uma coletiva para assegurar sua permanência. Por isso, vitórias como a desta terça e a do último sábado sobre o Recreativo Huelva, por 1 a 0, são festejadas.

'Jogamos de forma muito eficiente contra o Recreativo e hoje novamente, mantendo nosso gol intacto. Pressionamos bem os adversários, e o primeiro tempo foi particularmente bom, porque mantivemos a defesa alta. Além disso, fomos muito bem no controle da bola. Vejo que jogamos melhor a cada jogo', argumentou o treinador alemão.

Sobre a temperatura de 3 graus negativos na noite de Minsk, Schuster comentou: 'Houve alguns sustos com a neve durante o dia. Mas é possível jogar com temperaturas assim. Começamos nosso aquecimento um pouco mais cedo hoje, e fomos recompensados com o gol (de Raúl) no começo'.

O treinador do BATE, Viktor Goncharenko, lamentou o resultado que acabou com as chances do time de se manter nas competições européias para a segunda parte da temporada, mas guardou elogios aos jogadores por terem alcançado a fase de grupos.

'Estou um pouco decepcionado com o resultado, mas, se alguém me dissesse há seis meses que eu estaria decepcionado por perder por 1 a 0 para o Real Madrid, eu nunca mais confiaria nessa pessoa', brincou. 'Quero agradecer aos jogadores e à torcida, que veio ao estádio com este tempo e nos deu um fantástico apoio'.

'Não vi grande diferença entre o primeiro e o segundo tempo. O Real Madrid aproveitou uma de suas chances, nós não. Apesar de o grupo ter se decidido, é cedo para tirar conclusões. Faremos isso depois do jogo contra a Juventus', concluiu Goncharenko.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias