iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/11 - 11:49

Salário dificulta, mas Paraná prioriza manutenção de Comelli
"Eu já tenho 48 anos, não sou um iniciante no futebol, e pedi o que considero justo", disse o treinador

 

Gazeta Esportiva

CURITIBA - A renovação do técnico Paulo Comelli com o Paraná Clube se transformou em uma novela, e a diretoria do clube joga todo o foco sobre o treinador. Antes mesmo até de fazer o planejamento para o próximo ano.

Garantido na Série B do Campeonato Brasileiros de 2009, o time – que passa por problemas financeiros – vê como principal entrave a pedida salarial, assunto de uma série de reuniões nas últimas semanas. Comelli garante que já abaixou muito o pedido salarial, sinalizando com um grande sacrifício para não deixar o Tricolor.

Agora, caberia à diretoria paranista fazer sua parte. “Eu fiz a minha parte, fiz o que podia para reduzir, mas chega a um ponto que não dá mais. Eu já tenho 48 anos, não sou um iniciante no futebol, e pedi o que considero justo”, afirmou o técnico.

O treinador também aguarda a definição para definir seu futuro, já que outros clubes, como o Noroeste-SP, já o procuraram para contar com seus serviços na próxima temporada. O Paraná, por sua vez, garante que já tem alguns nomes na manga caso a negociação não se concretize.


Leia mais sobre: Paraná Clube Paulo Comelli



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo