iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/11 - 17:54

Grêmio pensa em ser 2º para cair em grupo mais fácil na Libertadores

Se confirmar vice no Brasileiro, time cairá no Grupo 7, com Aurora (Bolívia), Chicó (Venezuela) e equipe chilena ou mexicana

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Após o título ter ficado praticamente impossível, o Grêmio pode ter ganho uma motivação para as últimas duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Após o sorteio da Libertadores 2009, a futura direção do clube acredita que ficando em segundo, a chave será menos complicada.

Caso confirme o vice-campeonato nacional, o Tricolor ficará no Grupo 7 ao lado do Aurora, da Bolívia, o Boyacá Chicó, da Colômbia, e o vencedor do confronto entre Universidad Católica, do Chile, e um representante mexicano a ser definido. O clube boliviano venceu pela primeira vez o Torneio Clausura do país em 2008. Enquanto o Boyacá Chicó conquistou também um título inédito em seu país.

“Nunca podemos ficar em terceiro. Teríamos que jogar em Sucre (Bolívia) com a altitude. Nenhum dos adversários do Grupo 7 é de grande tradição. Mas teremos dificuldades com longas viagens", afirmou Duda Kroeff, presidente eleito do Grêmio, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Se terminar o Brasileirão em terceiro, os gaúchos enfrentariam o Universidad Sucre, da Bolívia, um representante do Equador, e quem passar do embate de uma vaga que não tem dono – inicialmente seria de um peruano que por enquanto estão impossibilitados de participarem da competição – e o quinto representante da Argentina.

Porém, se a preocupação principal seria a altitude, ela não se justifica. Já que Cochabamba esta somente 200 metros de altura a abaixo de Sucre. “Não dá para escolher adversário nem local. Não mediremos esforços para ganhar a Libertadores”, complementou Kroeff.


Leia mais sobre: Grêmio Copa Libertadores



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo