iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/11 - 09:00

Pivô de confusão, Elias não teme punição do STJD

Volante foi tomar satisfações com o rival e deu origem a uma briga generalizada no gramado

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Eram jogados 11 minutos do segundo tempo no Pacaembu e o Corinthians batia o Avaí por 2 a 1 quando o volante Batista entrou de sola no volante Elias. Irritado, o corintiano foi tomar satisfações com o rival e deu origem a uma briga generalizada no gramado.

Expulso de campo junto com Morais, Marquinhos e o próprio Batista, Elias saiu do Pacaembu revoltado com o árbitro carioca Péricles Bassols Pegado Cortez e também com o volante do Avaí, em sua opinião, desleal no lance.

Mesmo ciente de que as imagens da confusão serão um prato cheio para os auditores do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Elias assegurou que não teme levar uma pena pesada do Tribunal da CBF para as competições do ano que vem.

“É só olharem as imagens. Quase quebrei minha perna com aquele Batista”, reclamou o volante, que participou diretamente dos dois primeiros gols da vitória corintiana por 3 a 2 sobre os catarinenses.

Para Elias, o comportamento dos jogadores do Avaí é que precisa ser analisado pelo Tribunal da CBF. “Eles entraram para brigar em um jogo de festa e isso não é certo. Espero que o pessoal do STJD analise bem as imagens antes de tomar alguma decisão”, aconselhou.


Leia mais sobre: Elias Corinthians Avaí



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo