iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/11 - 19:57

Corinthians pode perder Morais e Elias por briga contra Avaí

Juiz relatou quatro dos cinco expulsos no jogo trocaram socos, chutes e empurrões; advogado prepara defesa

Agência Estado

SÃO PAULO - O árbitro Péricles Pegado Cortez não aliviou para os jogadores que participaram da pancadaria no segundo tempo da partida entre Corinthians e Avaí, no último sábado. Usando as expressões "agressão" e "vias de fato", ele relatou que quatro dos cinco expulsos no jogo trocaram socos, chutes e empurrões. A exceção foi Chicão, que recebeu o cartão vermelho por uma falta dura.

A briga poderá deixar o Corinthians sem Morais e Elias, dois de seus mais importantes titulares, no início da próxima Copa do Brasil. O torneio é considerado prioridade pelo clube em 2009, já que classifica para a Libertadores. Os dois foram citados junto com Marquinhos e Batista, do Avaí.

A procuradoria do STJD deverá denunciá-los no artigo 253, por praticar agressão física, que prevê pena pesada: de 120 a 540 dias de suspensão. Se forem condenados nesse artigo - o julgamento ocorrerá até 20 de dezembro -, eles também ficarão fora de vários jogos do Paulistão, primeiro torneio do ano.

O advogado do Corinthians, João Zanforlin, já prepara a defesa, antes mesmo da denúncia da procuradoria. E o objetivo será rebaixar o provável artigo apresentado. "Normalmente, nesses casos, o STJD tira o artigo 253 e usa o 258", comentou. No 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva), a pena varia de um a dez jogos.

Leia mais sobre: Corinthians Morais Elias

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias