iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/11 - 21:45

Jogadores do Galo dizem que derrota aconteceu por desatenção

"“A gente não prestou a atenção suficiente no final e acabou tomando os três gols", disse o zagueiro-volante Nen

Gazeta Esportiva

RECIFE - A derrota do Atlético-MG para o Sport por 3 a 0 neste domingo foi um bom exemplo do ditado que diz que ‘água mole em pedra dura, tanto bate até que fura’. A pressão pernambucana não era tão avassaladora, mas a equipe rubro-negra tinha uma postura bem mais ofensiva e interessada na partida. Resultado: três gols no fim da partida, mais precisamente aos 37, 39 e 43 minutos do segundo tempo.

Para os jogadores do Galo, a lição que fica é a de um outro dito, de que ‘o jogo só termina quando acaba’. “A gente não prestou a atenção suficiente no final e acabou tomando os três gols”, reclamou Nen, zagueiro que tem jogado improvisado como volante.

O discurso do atacante Beto foi no mesmo sentido, de lamentar a falta de atenção, mas reconhecendo os méritos do adversário. “A pressão aqui é nos 90 minutos. O time não desiste nunca e aconteceu. A nossa equipe teve um momento de desatenção e acabou tomando os gols, que não deveria”, justificou.

Já o lateral César Prates prefere não falar muito sobre o jogo com a imprensa, e sim com os companheiros. “Nos últimos dez minutos, se definiu o jogo. Não temos muito o que reclamar e muito menos o que nos preocupar. Mas é claro que, tomar três gols em dez minutos, é uma coisa que nós vamos conversar”, admitiu.

Leia mais sobre: Atlético-MG Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo