iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/11 - 16:59

Figueirense se reapresenta para acertar pior defesa do Brasil
Para não se complicar na luta contra o rebaixamento, o time terá a semana toda para se preparar

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Quatro dias depois de conquistar a heróica vitória de virada por 4 a 3 sobre o Náutico, o elenco do Figueirense se reapresentará em Florianópolis. Nesta segunda-feira, o time volta aos trabalhos visando a partida contra o Botafogo, que acontece em 30 de novembro, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Para não se complicar na luta contra o rebaixamento, o time terá a semana toda para se preparar e, para o técnico Pintado, está claro qual será o aspecto primordial: a defesa. O time catarinense é o mais vazado do Brasileirão, com 71 gols sofridos em 36 jogos, com média de 1,97 tentos tomados por confronto.

“Inicialmente, a nossa análise é de que a equipe se desorganiza muito facilmente e isso é uma coisa que me incomoda, mas vamos trabalhar durante toda a semana para corrigir isso”, disse Pintado, após a vitória conseguida em sua estréia no cargo, no Estádio Orlando Scarpelli.

A defesa do Figueirense é a pior do Brasil. Apenas o Gama, na Série B do Campeonato Brasileiro, sofreu mais gols (72), mas com uma partida a mais, o que deixa a média do time candango melhor do que a dos catarinenses, com 1,94 gols tomados por jogo. Por isso, é preciso organizador o setor para não se complicar ainda mais perdendo para o Botafogo.

“Temos que ir para cima do ir cima do Botafogo e tentar vencer esse jogo, que é foi muito importante pra gente. Precisamos de equilíbrio, saber que estamos jogando fora, ser humildes fora de casa, e ir para a vitória. Os gols vão sair naturalmente”, opinou William Matheus, confiante.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo