iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/11 - 20:20

Celso Roth culpa segundo tempo do Grêmio por derrota
"Poderíamos sair de campo com dois, três a zero, que não seria uma injustiça”, analisou o treinador gaúcho

Gazeta Esportiva

SALVADOR - O desânimo no vestiário gremista era total. O abatimento somava a derrota por 4 a 2 para o Vitória no Barradão e o distanciamento na briga pelo título. O tropeço praticamente tira a possibilidade do Grêmio conquistar o seu tricampeonato brasileiro.

O Tricolor fez um primeiro tempo primoroso. Criou boas oportunidades, mas achou a rota do gol somente uma vez com Anderson Martins marcando contra. As oportunidades desperdiçadas foram apontadas pelo técnico Celso Roth como as principais razões para o resultado negativo.

“O futebol é imprevisível. Por isso é que ele é bom. Infelizmente estamos amargando esta derrota. O primeiro tempo foi muito bom. Poderíamos sair de campo com dois, três a zero, que não seria uma injustiça”, analisou o treinador gaúcho.

Porém, o vestiário não fez bem ao Tricolor. Na segunda etapa deu tudo errado. O São Paulo passou a frente do Vasco no Rio de Janeiro e o Vitória aniquilou o Grêmio em Salvador. Para piorar a situação, o Tricolor Gaúcho ainda teve Amaral expulso.

“No segundo tempo, tivemos descuido no primeiro gol. Descuido no segundo gol. Aí a expulsão quando estava 1 a 1 decretou o resultado”, opinou Roth.

A combinação dos resultados colocou o São Paulo com cinco pontos de vantagem em relação ao Grêmio. Os paulistas precisam somar dois pontos nos último par de jogos do campeonato para sagrarem-se hexacampeões brasileiros. O mais espantoso é que os gaúchos chegaram a abrir uma diferença de 11 pontos a frente do time de Muricy Ramalho.

“Qualidade do São Paulo e o Grêmio que baixou a sua qualidade. Isso está dentro de uma situação que não queríamos”, comentou Celso Roth.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo