iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/11 - 15:08, atualizada às 17:42 22/11

Manchester City derrota Arsenal, e líderes tropeçam
Robinho marcou um dos gols da vitória do City por 3 a 0 sobre os Gunners. Chelsea e Liverpool, em casa, não conseguiram passar por Newcastle e Fulham

Trivela.com

LONDRES (Inglaterra) - O Manchester City derrotou o Arsenal por 3 a 0 neste sábado, em uma rodada do Campeonato Inglês marcada por tropeços dos dois líderes. Chelsea e Liverpool não passaram de empates sem gols em casa contra Newcastle e Fulham, respectivamente. O time de Luiz Felipe Scolari segue na primeira posição, com 33 pontos e saldo de gols superior aos Reds.

Já o Manchester United não conseguiu se aproveitar dos tropeços de Chelsea e Liverpool. Pelo contrário, repetiu o resultado dos dois líderes ao ficar no 0 a 0 com o Aston Villa, fora de casa. Assim, a rodada teve um fato incomum: nenhum dos cinco primeiros colocados conseguiu balançar as redes.

Com o empate, o United foi a 25 pontos, oito a menos que Chelsea e Liverpool, que empataram sem gols com Newcastle e Fulham, respectivamente. O time de Alex Ferguson, no entanto, tem uma partida a menos. O Aston Villa chegou a 24 pontos e ganhou uma posição, tirando o Arsenal do quarto lugar e entrando na zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Robinho faz golaço
O revés diante do City, com gols de Stephen Ireland e Robinho, expôs a crise interna detonada no Arsenal pelas declarações do zagueiro William Gallas, que fez críticas aos companheiros de time durante a semana. Gallas acabou barrado pelo técnico Arsène Wenger e, segundo a imprensa inglesa, perdeu o posto de capitão da equipe.

No estádio City of Manchester, o capitão dos Gunners foi o goleiro Manuel Almunia. A principal surpresa na escalação foi a ausência do atacante Emmanuel Adebayor - o dinamarquês Nicklas Bendtner começou jogando ao lado de Robin van Persie.

Precisando se recuperar após quatro jogos sem vitória, o Manchester City saiu na frente aos 45 minutos. Aproveitando uma bola mal cortada pela defesa, Ireland colocou a bola no ângulo. Aos 11 do segundo tempo, Shaun Wright-Phillips passou para Robinho, que deu um toque sutil na saída de Almunia para encobrir o goleiro espanhol e decretar o resultado.

Robinho saiu lesionado a oito minutos do fim, e o City ainda teve tempo para marcar o terceiro gol nos acréscimos. Daniel Sturridge, que havia entrado pouco antes, sofreu pênalti de Johan Djourou e converteu, decretando o resultado que levou os Citizens à 11ª posição, com 17 pontos.

Em Stamford Bridge, o Chelsea chegou a balançar as redes no segundo tempo, com Joe Cole aproveitando rebote do goleiro Shay Given na finalização de Florent Malouda. No entanto, o lance foi corretamente invalidado por impedimento.

AP
Felipão parece não acreditar no empate contra o Newcastle, que faz péssima campanha no Inglês

O Liverpool foi frustrado pela disposição defensiva do Fulham e não conseguiu abrir o placar em Anfield. Na melhor oportunidade, no primeiro tempo, Robbie Keane finalizou em cima do goleiro Mark Schwarzer.

Quem pode se beneficiar do vacilo dos líderes é o Manchester United, terceiro colocado com 24 pontos, mas duas partidas a menos. Uma delas será ainda neste sábado, fora de casa, contra o Aston Villa, em quinto lugar com 23. Caso os Red Devils não vençam, o Arsenal, com os mesmos 23 pontos do Villa, deixará a zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Veja todos os resultados da 14ª rodada da Premier League:

Sábado, 22/novembro
Chelsea 0 x 0 Newcastle
Liverpool 0 x 0 Fulham
Manchester City 3 x 0 Arsenal
Middlesbrough 1 x 3 Bolton
Portsmouth 2 x 2 Hull
Stoke 1 x 0 West Bromwich
Aston Villa 0 x 0 Manchester United

Domingo, 23/novembro
Tottenham x Blackburn
Sunderland x West Ham

Segunda, 24/novembro
Wigan x Everton


Leia mais sobre: Liverpool Chelsea Campeonato Inglês Manchester City Robinho

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

robinho /

Golaço
Robinho recebeu a bola fora da área, avançou e tocou por cobertura para marcar o segundo do City

Topo
Contador de notícias