iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/11 - 22:14

Cruzeiro e Flamengo jogam partida decisiva

Rubro-Negro, embalado por uma goleada de 5 a 2 sobre o Palmeiras, soma 63 pontos, dois a mais do que a Raposa

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - No duelo entre o terceiro e o quarto colocados, respectivamente, Flamengo e Cruzeiro se enfrentam neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Mineirão, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

O Rubro-Negro, embalado por uma goleada de 5 a 2 sobre o Palmeiras, soma 63 pontos, dois a mais do que a Raposa, que perdeu pelo mesmo placar para o Náutico no último final de semana. O líder da competição é o São Paulo, que joga no mesmo horário contra o Vasco, no Rio de Janeiro.

No Flamengo, todos garantem que o sonho do título nacional ainda não morreu. Por isso, a ordem é partir para cima do Cruzeiro, já que qualquer outro resultado que não a vitória tira as chances de conquista do Rubro-Negro.

“O Cruzeiro joga muito bem em casa. É uma equipe de qualidade, tecnicamente muito forte e obviamente será um jogo difícil. Estamos indo para lá com o pensamento de vencer, já que ainda temos chances de título. Se formos pensar na Libertadores, um empate seria um bom resultado, mas para nós só a vitória interessa”, afirmou o lateral-esquerdo Juan.

Diante do mau resultado obtido pelo adversário na rodada que passou, o técnico Caio Júnior espera muitas dificuldades para o Flamengo neste domingo, mas festeja o equilíbrio do Campeonato Brasileiro.

“O Cruzeiro está mordido pela derrota que sofreu e vai sofrer uma pressão grande da torcida. Acredito que será um jogo muito nervoso. Quem ganha com isso é o torcedor porque está vendo um campeonato eletrizante”, comentou o treinador rubro-negro.

Satisfeito com a atuação de sua equipe no último final de semana, Caio Júnior não fará nenhuma mudança em relação à formação que goleou o Palmeiras. Assim, pior para o meia argentino Rubens Sambueza que, mesmo já tendo cumprido suspensão automática, ficará no banco de reservas neste domingo. Mantido no setor, Kléberson mostra confiança em que o Flamengo possa voltar de Minas Gerais com a vitória.

“É possível, sim, repetirmos a atuação. Se entrarmos com a mesma disposição e união, com a qualidade que temos, podemos repetir o que fizemos”, afirmou Kléberson.

No Cruzeiro, o técnico Adilson Batista precisou conversar com o elenco durante a semana, para que a derrota para o Náutico fosse esquecida, já que o time ainda briga por uma vaga na próxima Libertadores. Sem chances reais de título após o revés para os pernambucanos, a vaga na competição sul-americana do próximo ano passou a ser a principal meta da equipe mineira.

Mas a Raposa trouxe problemas do último jogo, pois o meia Wagner recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. Já o atacante Guilherme se lesionou em um treinamento e fica em tratamento intensivo até momentos antes do jogo, quando terá sua escalação definida.

Para segurar o empolgado Rubro-negro, o Cruzeiro conta com a boa fase de sua defesa dentro do Mineirão. Foram apenas oito gols sofridos em 18 jogos, o que faz do time celeste o menos vazado em seus domínios. Há cinco jogos, Fábio não busca a bola no fundo das redes do estádio.

“A gente fica feliz, dentro de casa estamos dando resultado e ajudando o Cruzeiro de alguma maneira. Mas a gente tem que trabalhar forte, pois faltam três jogos para a gente carimbar a nossa participação na Libertadores”, afirmou o zagueiro Thiago Heleno.

E bons números da defesa refletem também em resultados positivos dentro do Mineirão, onde a Raposa venceu suas últimas cinco partidas no Brasileiro, contra Sport, Ipatinga, Atlético-MG, Grêmio e Fluminense.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO-MG X FLAMENGO-RJ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de novembro de 2008, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Erich Bandeira (PE)

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Thiago Heleno, Léo Fortunato (Espinoza) e Fernandinho; Marquinhos Paraná, Henrique, Ramires e Camilo (Gerson Magrão); Thiago Ribeiro e Guilherme (Wanderley)
Técnico: Adilson Batista

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Ronaldo Angelim e Fábio Luciano; Leonardo Moura, Aírton, Kléberson, Ibson e Juan; Marcelinho Paraíba e Obina
Técnico: Caio Júnior


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias