iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/11 - 12:17

Convocação de Pepe causa atrito entre Real Madrid e Portugal

Real havia pedido dispensa do zagueiro alegando más condições físicas, mas médicos da seleção portuguesa examinaram e decidiram levar jogador para o jogo

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - Não são apenas os clubes brasileiros que sofrem para conseguir a liberação de jogadores convocados para a seleção. Carlos Godinho, diretor-esportivo da seleção de Portugal, revelou nesta sexta-feira ter recebido a solicitação do Real Madrid para que dispensasse o zagueiro Pepe do amistoso contra o Brasil, realizado na quarta-feira na cidade-satélite do Gama.

De acordo com os jornais espanhóis, o Real havia ficado bastante insatisfeito com a presença de Pepe entre os convocados da seleção portuguesa, uma vez que os médicos do clube não haviam indicado condições físicas ideais para o defensor. No entanto, segundo Godinho, os médicos da seleção portuguesa examinaram o luso-brasileiro e decidiram levá-lo normalmente para o amistoso.

“Foram feitos diversos exames ao atleta em Lisboa”, afirmou o diretor, segundo a rádio portuguesa Renascença, explicando a decisão de contrariar o clube espanhol, que havia vetado o atleta por contusão há mais de um mês. “Consideramos que estava apto (para a partida) e enviamos um fax ao Real Madrid, informando que ele iria para o Brasil”, completou.

Nesta sexta-feira, o diário Marca revelou que o Real Madrid não havia sido consultado pela Federação Portuguesa de Futebol a respeito da liberação do jogador. O técnico Carlos Queiroz, por sua vez (que comanda Portugal e que já comandou o Real), afirmou estar ciente da lesão de Pepe, e que iria poupá-lo – o que não aconteceu na derrota por 6 a 2.


Leia mais sobre: Carlos Godinho Real Madrid Pepe Seleção Portuguesa



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo