iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/11 - 20:52

Após goleada para o Inter, técnico do Chivas se demite

"Aceitei este trabalho sabendo das conseqüências caso não obtivesse resultados", disse o ex-treinador da equipe mexicana

Agência Estado

Dois dias depois da derrota e a conseqüente eliminação da Copa Sul-Americana pelo Internacional, o técnico do Chivas Guadalajara, Efrain Flores, pediu demissão nesta sexta-feira, após ocupar o cargo por 14 meses.

"Vivi estes últimos meses de uma forma muito intensa. Tentei atingir resultados que o time e milhões de torcedores demandavam", declarou o ex-treinador do time mexicano, em entrevista coletiva. "Aceitei este trabalho sabendo das conseqüências caso não obtivesse resultados".

Flores conquistou o melhor desempenho da equipe no segundo turno do Campeonato Mexicano, mas o time foi eliminado na primeira rodada dos playoffs. Na semana passada, o Chivas não conseguiu se classificar para os playoffs do primeiro turno da competição, que começou no segundo semestre deste ano.

Na quarta-feira desta semana, o Chivas, time mais popular do país, foi goleado por 4 a 0 pelo Internacional, depois de ter perdido por 2 a 0, em casa, no jogo de ida. "É por isso que, depois de não trazer alegria para todos os torcedores e todas as pessoas que confiaram em mim, eu tomei esta decisão de sair", declarou o técnico.

"Assim, a diretoria poderá contratar um treinador que poderá trazer resultados que esse time precisa", completou o treinador. Em 48 partidas à frente do Chivas, Flores obteve 23 vitórias, 24 empates e nove derrotas.


Leia mais sobre: Chivas Guadalajara



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo