iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 13:46

Wendel quer valorização e descarta novo empréstimo ao Santos
"Acredito que um re-empréstimo não seria bom nem para mim e nem para as duas equipes", disse o jogador

Gazeta Esportiva

SANTOS - O lateral Wendel chegou ao Santos em meio a uma crise para ajudar a equipe como volante, uma das posições carentes do elenco na época. Porém, o jogador acabou se encaixando bem em outro setor, a ala-direita, onde ganhou a confiança do técnico Márcio Fernandes e foi um dos pontos de sustentação do time para a reação dentro do Campeonato Brasileiro.

Por tudo isso, o atleta – que está emprestado ao Alvinegro Praiano pelo Palmeiras – acredita que deve haver uma valorização natural do seu futebol. Por isso, nem mesmo ele acredita na possibilidade de um novo empréstimo ao time da Vila Belmiro.

“Acho que eu não preciso provar mais nada para ninguém. Acredito que um re-empréstimo não seria bom para ninguém, nem para mim e nem para as duas equipes”, afirmou Wendel. "Mesmo com as dificuldades financeiras que o clube passa, acho que US$ 1,5 milhão é até pouco pela grandeza do Santos e pelo rendimento que teve um jogador que veio para atuar como volante e se fixou na lateral”, opinou.

O atleta revelou que não irá ficar magoado caso o Peixe não exerça o poder de compra do seus direitos federativos. “Como eu já disse anteriormente, eu tenho um grande carinho pelos dois times. Tenho o privilégio de estar tendo o meu nome ligado a dois grandes clubes do futebol brasileiro. Não vou ficar chateado e vou continuar mostrando o meu trabalho, para que mais coisas boas aconteçam na minha carreira”, comentou.

Sobre uma preferência por qual camisa vestir em 2009, o lateral preferiu adotar a diplomacia nesse momento, transferindo a responsabilidade para os dirigentes santistas e palmeirenses.

"Não tenho preferência. Esse assunto tem que ser resolvido entre as duas diretorias. Por tudo o que eu fiz aqui, minha idéia é continuar. Agora, se tiver que voltar para o Palmeiras, não tem problema", disse, antes de negar qualquer tipo de problema com o treinador alviverde, Vanderlei Luxemburgo, que o indicou para o time da Vila Belmiro.

"Não tenho nada contra ele. Pelo contrário, o Luxemburgo é um cara vencedor e aprendi muito com ele", completou.


Leia mais sobre: Santos Wendel Palmeiras



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo