iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 08:26

Técnico de Portugal assume culpa e lamenta 'ingenuidade' do time
"Pensamos que o jogo seria fácil e perdemos o senso de responsabilidade", afirmou o treinador da seleção portuguesa

 

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - Tão logo terminou o amistoso entre Brasil e Portugal no estádio Bezerrão, na cidade-satélite do Gama, em Brasília, o técnico da equipe lusitana, Carlos Queiróz, concedeu entrevista coletiva para os jornalistas brasileiros e estrangeiros que estiveram acompanhando ao duelo. Abatido pela humilhante goleada sofrida perante os comandados do também contestado Dunga, Carlos Queiróz assumiu total responsabilidade pelo desastroso futebol apresentado por seu time na derrota por 6 a 2.

"Espero que esse jogo sirva de lição. Assumo a culpa e lamento o resultado, mas temos que deixar isso no passado", pediu o treinador, que culpou a 'ingenuidade' de seus comandados pelo mau resultado do amistoso.

"Acho que nos deslumbramos um pouco com o gol logo no início e mostramos alguma ingenuidade, pois tomamos gols que não podemos tomar, alguns deles patéticos. Pensamos que o jogo seria fácil e perdemos o senso de responsabilidade", opinou.

O técnico negou, no entanto, que a humilhante goleada possa interferir no desempenho da equipe nas Eliminatórias Européias para o Mundial de 2010. "Só irá nos atrapalhar se não aprendermos as lições de hoje (quarta)", finalizou.

A campanha de Portugal no Grupo 1 das Eliminatórias é preocupante até o momento. O time lusitano acumula uma vitória sobre Malta (4 a 0), uma derrota, em casa, para a Dinamarca (3 a 2) e dois empates sem gols, diante de Albânia e Suécia. Está na terceira colocação com cinco pontos, dois a menos que Hungria e Dinamarca, esta com um jogo a menos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias