iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 11:01

Presidente do Internacional pede a valorização da Sul-americana

"Essa valorização com vaga na Libertadores seria muito importante. Não digo isso de agora; sempre disse isso", afirmou Vitorio Piffero, presidente colorado

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Com um lugar na final da Copa Sul-Americana garantido, o presidente colorado Vitorio Piffero começa a agir nos bastidores para que o clube posso disputar a Libertadores de 2009. A possibilidade de que seja concedido ao campeão do torneio vaga à principal competição do continente anima o Inter.

“Acho da maior da importância a valorização da Sul-americana. É a segunda competição mais importante das Américas. Essa valorização com vaga na Libertadores seria muito importante. Não digo isso de agora; sempre disse isso. Chegou o momento da Sul-americana ser valorizada”, comentou o dirigente após a goleada de 4 a 0 aplicada no Chivas Guadalajara no Beira-Rio.

Para poder disputar a Libertadores no ano do seu centenário, o Inter precisa que a Fifa puna a Federação Peruana de Futebol devido a problemas administrativos. Caso os peruanos sejam penalizados, a seleção e os clubes do país ficariam excluídos de campeonatos internacionais, o que abriria três vagas à Libertadores.

“Existe a possibilidade real, mas no momento que foi tornada pública a questão, outros interessados apareceram, e cada um com um critério. A decisão deve ocorrer na próxima terça-feira no Paraguai, e estaremos lá para tentar participar desta decisão. Ainda não há nenhuma decisão tomada”, informou Piffero em tom esperançoso.

Independente do que a Conmebol e a Fifa impuserem, o Inter entrará em campo na decisão ciente se disputará uma vaga na Libertadores ou não. As finais da Sul-americana ocorrem em 26 de novembro e 3 de dezembro.

Os olhos colorados estarão ligados no confronto da noite desta quinta-feira que define o adversário nas duas partidas da final. Estudiantes de la Plata (que eliminou o Botafogo) e Argentinos Juniors (algoz do Palmeiras) enfrentam-se em La Plata – o primeiro confronto terminou empatado por 1 a 1.

O presidente não possui preferência em relação a quem quer enfrentar: “Quem vier dos argentinos será a melhor equipe, e com certeza será um grande duelo. Duelo Brasil e Argentina sempre é eletrizante. Temos que trazer da Argentina um resultado que nos mantenha vivo”, analisou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo