iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 13:36

Gallas revela problemas de relacionamento no elenco do Arsenal

Zagueiro francês afirmou que um atleta 'rachou' o elenco da equipe, mas não revelou o nome deste jogador

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - O Arsenal é apenas o quarto colocado do Campeonato Inglês, com 23 pontos – nove a menos que o Chelsea, que lidera. Se a distância para a primeira colocação não é tão grande e permite que os Gunners pensem em título, o relacionamento entre os jogadores do time do Emirates Stadium deve complicar a presença da equipe entre as postulantes ao topo da tabela.

É o que garante o zagueiro William Gallas, em entrevista à agência de notícias Associated Press. Esbanjando franqueza, o capitão da equipe londrina afirmou que seus companheiros não estão unidos e nem têm coragem suficiente para brigar pelo título do Campeonato Inglês nesta temporada.

“Como capitão, quando alguns jogadores vêm e falam com você sobre um jogador, reclamando dele… E durante a partida, você tem que falar com este jogador e ele insulta os colegas… Chega uma hora em que você não consegue mais compreender como as coisas acontecem”, desabafou Gallas.

O defensor garantiu ainda não estar disposto a assumir a culpa pelos atritos internos dos colegas. “Estou tentando me defender um pouco sem citar nomes. De outra forma, posso apontar culpados. Isso é frustrante demais”, acrescentou.

Mesmo sem revelar quem seria o responsável por ‘rachar’ o elenco, Gallas deu uma pista importante. “Tenho 31 anos, e ele é seis anos mais jovem que eu”, disse, apontando para três possíveis nomes com 25 anos: Robin van Persie, Emmanuel Eboué e Eduardo da Silva – mais afastado da 'vaga' por não entrar em campo desde fevereiro.

O incidente mais recente entre os jogadores do Arsenal aconteceu em 29 de outubro, quando a equipe empatou por 4 a 4 no clássico contra o Tottenham pelo Campeonato Inglês. Os Gunners venciam por 4 a 2 até os minutos finais, mas os gols de Jermaine Jenas e Aaron Lennon salvaram os Spurs, deixando o ambiente ainda mais conturbado entre os comandados de Arsene Wenger.

“Tivemos problemas no intervalo. A única coisa que pude dizer no intervalo foi para resolvermos nossas diferenças após o jogo, não no vestiário. Precisamos entender que, para sermos campeões, precisamos fazer grandes partidas e lutar todo final de semana, estamos enfrentando times que não têm medo de nós, que não têm medo de tomar nosso lugar, e isso está se tornando perigoso para o Arsenal”, afirmou.

Longe da briga pelo título inglês, o Arsenal precisa mostrar mais bravura, segundo Gallas. “Não somos corajosos o suficiente para brigarmos pelo título. Acho que precisamos ser soldados. Há times que podem fazer isso bem contra nós, e temos que encarar esses ataques”, completou.


Leia mais sobre: Arsenal William Gallas Campeonato Inglês



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Arsenal com problemas
Gallas, capitão da equipe londrina, afirmou que seus companheiros não estão unidos

Topo