iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 12:26

Elias se solidariza com Felipe e diz ter sido vítima de racismo

"Os Estados Unidos elegeram um presidente negro. Isso tem que servir de exemplo para o mundo", disse o meia

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As declarações do goleiro Felipe após o jogo contra o Juventude, no último dia 12, quando revelou ter sido vítima de ofensas racistas por parte da torcida gaúcha, continuam repercutindo no Corinthians. Nesta quinta-feira, feriado em que se comemora justamente o “Dia da Consciência Negra”, foi a vez do volante Elias se solidarizar com o companheiro de clube e, de quebra, revelar que também passou por situação constrangedora em sua carreira.

“O que o Felipe passou lá foi uma coisa lamentável. Também já passei por isso no ano passado. Estava disputando o Campeonato Paulista pelo São Bento e fui jogar contra o Bragantino. Me ofenderam e a policia identificou a pessoa, mas não tive a oportunidade de ir à delegacia fazer um boletim de ocorrência”, recordou.

Para o camisa sete corintiano, está na hora de o mundo deixar de lado as questões raciais e seguir o exemplo norte-americano, que acabou de eleger um presidente negro, Barack Obama, para comandar o país.

“Isso tem que parar. Os Estados Unidos elegeram um presidente negro. Isso tem que servir de exemplo para o mundo. Não pode acontecer no Brasil, que é um país ocupado por várias raças”, concluiu.


Leia mais sobre: Elias Felipe Juventude Corinthians



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo