iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 13:06

2009 em jogo para duas equipes da Rússia
Zenit e Spartak Moscou se enfrentam na última rodada, em jogo que pode decidir muita coisa de 2009 para os dois clubes

Trivela.com

MOSCOU (Rússia) - A última rodada da Premier Liga reserva uma briga especial pelas vagas na próxima Copa Europa. Com o título (Rubin Kazan) e o vice-campeonato (CSKA Moscou) decididos, o terceiro posto, que também garante participação na Liga dos Campeões, está praticamente assegurado pelo Dynamo Moscou, mas este não poderá vacilar.

Vamos primeiro, então, analisar a situação do Dynamo. A equipe está com 51 pontos e tem 14 vitórias, primeiro critério de desempate. Em quarto lugar aparece o Amkar, com 48 pontos e 13 vitórias. Ambos têm adversários na última rodada sem qualquer ambição – encaram, respectivamente, Tom Tomsk (13o) e Khimki (14o), ambos em casa.

Ou seja, os quatro primeiros da Premier Liga russa em 2008 devem ser: Rubin (fase de grupos da LC), CSKA (fase de grupos da LC), Dynamo (terceira fase preliminar da LC) e Amkar (quarta fase preliminar da Copa Europa). Por isso, vamos às brigas que realmente interessam nessa última rodada.

Zenit St. Petersburg (45 pontos, 11 vitórias e saldo de gols 20), Krylya Sovetov (45pts, 11v e 7sg), Lokomotiv Moscou (44pts, 12v e 4sg) e Spartak Moscou (44pts, 11v e 6sg). Do quinto ao oitavo colocado, todos sonham em ficar com a segunda vaga na Copa Europa (vai para a terceira fase preliminar). Agora os confrontos deste sábado: Spartak x Zenit, Krylya Sovetov x Terek e Rubin x Lokomotiv.

O Zenit é o clube com as maiores chances de permanecer onde está e ficar com essa vaga. No entanto, fará um grande jogo diante do Spartak, que ainda sonha com o título da Copa da Rússia, mas tem chances de lutar pela Liga Europa via campeonato nacional. O Krylya precisa bater o desanimado Terek e torcer para um tropeço do time de São Petersburgo. O Lokomotiv, por sua vez, precisa bater os campeões e secar Zenit e Krylya.

Ou seja, se a equipe comandada por Dick Advocaat não conseguir superar o Spartak, corre-se o risco de 2009 não ter competições européias em São Petersburgo. Pode até não parecer, mas muito de 2009 de alguns clubes está em jogo nesse final de semana.

E para completar esse giro, na parte de baixo da tabela, além do Shinnik que já havia caído há muito tempo, o Luch-Energiya, de Vladivostok, é o outro rebaixado. Fato este que, certamente, alegrou - e muito - todos os outros participantes da Premier Liga, já que as viagens continentais para o outro extremo do país eram extremamente desgastantes e caras.

Segunda e terceira divisões
Chegou ao final a segunda divisão do futebol russo. Como esta coluna já havia trazido, a nota triste da competição ficou por conta do rebaixamento do Torpedo Moscou, um dos times mais tradicionais da Rússia.

Alheios a isso, Rostov e Kuban Krasnodar comemoram o retorno à Premier Liga. O Rostov fez uma campanha excelente: foram 42 jogos, com 29 vitórias, nove empates e somente quatro derrotas, tendo somado 96 pontos, 12 a mais que o Kuban, que também teve vida tranquila.

As duas equipes também tiveram os melhores jogadores do torneio, eleitos pelo jornal Sport-Express: o experiente meia Mikhail Osinov (33 anos), do Rostov, e o jovem defensor Alan Kasaev (22), do Kuban.

Na próxima temporada ao invés dos 22 clubes atuais serão 20 na segunda divisão, por isso caíram sete neste ano: Metallurg-Kuzbass, Volga Ulyanovsk, Torpedo Moscou, Mashuk-KMV, Dynamo Barnaul, Zvezda Irkutsk e Dynamo Bryansk, pela ordem, os sete piores times da competição.

Da terceira divisão, disputada de forma regional, subiram MVD Moscou (Oeste), Metallurg Lipetsk (Centro), Volgar-GazProm Astrakhan (Sul), Volga Nizhniy Novgorod (Ural-Povolzhye) e Chita (Leste).

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo