iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/11 - 19:10

Verdão refuta imagem de pipoqueiro na reta final de 2008

"Estamos fazendo o trabalho da mesma forma, não vão ser duas derrotas que mudarão nosso trabalho”, disse Alex

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Por medida de segurança, os jogadores do Palmeiras não tiveram contato com a torcida no desembarque do Aeroporto de Congonhas no domingo, após a derrota para o Flamengo. Por isso, desconheciam um protesto armado por um grupo de palmeirenses, que pretendiam jogar pipocas no elenco.

Questionado pela reportagem da GE.Net sobre o assunto, o atacante Alex Mineiro saiu em defesa de todo o grupo.

“Não tem nenhum pipoqueiro aqui, todos têm a sua responsabilidade. Até antes do jogo contra o Grêmio, estávamos disputando o título. Estamos fazendo o trabalho da mesma forma, não vão ser duas derrotas que mudarão nosso trabalho”, assegurou o camisa nove, após o treino desta quarta-feira.

O zagueiro Roque Júnior seguiu a mesma linha de discurso do companheiro de ataque. “Nós queremos ganhar mais do que todos. Sou um jogador experimentado e sempre lutei em minha carreira. Derrotas e vitórias acontecem. Não é por uma derrota que um jogador estaria pipocando ou não tem o mérito de estar aqui”, disse o camisa 33.

Mesmo contratado durante o segundo semestre, Roque Júnior assegura que o elenco alviverde está motivado em buscar, pelo menos, a vaga na Libertadores do ano que vem. 'Todos estão empenhados ao máximo para honrar a camisa do Palmeiras. Todos os torcedores devem saber que, antes de sermos atletas, somos homens', emendou.

Motivo de elogios durante toda a temporada, o atacante Alex Mineiro admite, porém, a queda de rendimento nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, coincidentemente na hora da decisão da competição. Depois do dia 4 de outubro, data da vitória contra o Atlético-MG, o artilheiro balançou as redes apenas duas vezes, em cobranças de pênalti.

“Acho que o rendimento não só meu como de toda a equipe não está sendo o mesmo do início da competição. Temos que procurar criar mais. O mais importante é que continuamos jogando com determinação”, afirmou o centroavante.

No domingo, os jogadores do Palmeiras reencontram os torcedores no confronto contra o lanterna Ipatinga. Roque Júnior descarta um clima hostil, apesar dos últimos tropeços e o fim do sonho do título do Campeonato Brasileiro.

“Antes de tudo, a grande maioria quer que o Palmeiras vença. Espero o Palestra lotado. Nessa hora, é o momento de ajuda. Como eles (torcedores), nós estamos tristes, mas ainda tem a briga pela vaga da Libertadores”, reiterou o defensor, pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo