iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/11 - 13:35

Ucrânia dissolve agência responsável pela Eurocopa-2012
Decisão foi tomada após Uefa manifestar descontentamento com a entidade

Trivela.com

KIEV (Ucrânia) - O governo ucraniano dissolveu a agência responsável pelos preparativos para a realização da Eurocopa-2012. Segundo Ivan Vasyunyk, primeiro-ministro do país, a decisão foi tomada após a Uefa se queixar de que o órgão era “ineficiente”.

Ainda de acordo com o premiê, a agência será substituída por um comitê de coordenação formado por 50 pessoas, ligado ao governo. “A Uefa manifestou de forma consistente que não estava feliz com o trabalho da agência”, afirmou Grigory Surkis, presidente da federação ucraniana.

Na Polônia, co-organizadora da Euro-2012, a reação foi tranqüila após a medida. “Não estou preocupado com isto tudo. A decisão é apenas um ajuste aos requisitos e expectativas da Uefa. O desejo era para a Ucrânia implementar um modelo similar ao que temos aqui”, disse Miroslaw Drzewiecki, ministro dos Esportes da Polônia.

Diversos problemas atrapalharam a preparação de Ucrânia e Polônia para sediar a Eurocopa-2012. Os principais deles se referiam à infra-estrutura, em especial o atraso nas obras de construção e reformas de estádios. Os poloneses também se envolveram em uma polêmica com sua federação (PZPN) e estiveram ameaçados de perder o direito de organizar a competição.

A direção da PZPN foi dissolvida pelo tribunal arbitral do comitê olímpico nacional por ser omisso no combate à corrupção no futebol do país. Foi nomeado um interventor para a entidade, mas tanto a Uefa como a Fifa se mostraram contrários à idéia. Enfim, houve uma eleição para definir o nome do novo presidente e o ex-jogador Grzegoz Lato foi o escolhido para comandar a federação.

No entanto, os problemas não pararam por aí. Lato criou um grande embaraço ao citar a possibilidade de a Polônia organizar a Euro-2012 ao lado da Alemanha. A Ucrânia se irritou com a declaração do dirigente; Lato, por sua vez, disse que “seus comentários foram analisados fora de contexto”.

 

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo