iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/11 - 17:10

Dirigente espanhol critica Schuster no Getafe: “Ele não trabalhava”

Alemão, com a cabeça à prêmio no Real, ouviu de ex-chefe duras críticas do tempo em que treinava o Getafe

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - A permanência de Bernd Schuster no Real Madrid está cada vez mais complicada. Com a demissão iminente no clube merengue, o alemão ouviu de seu ex-chefe duras críticas do tempo em que treinava o Getafe e teve sua competência colocada em xeque pelo presidente Angél Torres.

“O Schuster não trabalhava a equipe”, disparou Torres. “Quando ele estava por aqui, havia apenas um bate-bola e umas corridinhas, mas nunca havia um trabalho técnico específico ou um treino físico. Os próprios jogadores reconhecem isso”, completou o dirigente.

Com Schuster no comando desde 2007, o Real Madrid conquistou o Campeonato Espanhol, taça levantada no meio deste ano. Nesta edição da Liga, o clube da capital ostenta apenas a quarta colocação com 23 pontos – cinco a menos do que o líder e arqui-rival Barcelona.

Além disso, o Real sofreu um duro golpe na semana passada: foi eliminado da Copa do Rei pelo modesto Real Unión, da segunda divisão no país ibérico. No último sábado, os merengues foram derrotados pelo Valladolid por 2 a 0 pelo Espanhol e a pressão sobre Schuster se intensificou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo