iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 11:29

Muricy se recusa a falar de seleção brasileira

Treinador do tricolor paulista exigiu respeito ao técnico Dunga, que comandará a seleção nesta quarta-feira

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O nome do técnico Muricy Ramalho continua ganhando força para assumir o comando da seleção brasileira. Porém, mesmo com a pressão que Dunga vem sofrendo à frente da equipe canarinho, o treinador são-paulino se recusou a falar sobre a hipótese de dirigir o Brasil.

“A seleção vai jogar amanhã (quarta) e não quero falar disso. Temos de respeitar o técnico que está lá. Sempre perguntam para mim sobre isso, mas temos de dar tranqüilidade ao técnico. Ele terá um jogo superimportante, mesmo sendo amistoso”, comentou.

O Brasil disputa seu último jogo do ano na noite desta quarta-feira, diante de Portugal, no estádio Bezerrão, no Distrito Federal. O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, já admite a possibilidade de o treinador conciliar o trabalho no Tricolor com uma eventual indicação à seleção brasileira para substituir Dunga, caso o atual treinador seja demitido após o duelo com a equipe portuguesa.

Muricy não quis falar sobre os planos do mandatário são-paulino, mas brincou ao afirmar nesta segunda-feira sobre suas próximas férias. Questionado se depois do campeonato irá para o Guarujá, onde tem um apartamento, ou para Teresópolis, local da concentração da seleção, o treinador foi curto na resposta.

“Eu vou para o Guarujá, não tem nada a ver com Teresópolis”, desconversou o treinador.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo