iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 21:19

Médico confirma: queda motivou fratura de Luxemburgo

”Ele ficará seis semanas imobilizado com a tipóia”, confirmou Rubens Sampaio

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Até o final do Campeonato Brasileiro, o técnico Wanderley Luxemburgo terá limitações em seu trabalho no Palmeiras. Nesta terça-feira, o médico do clube, Rubens Sampaio, convocou a imprensa para explicar a lesão do treinador, que sofreu uma fratura bem próxima da região do cotovelo.

”Ele ficará seis semanas imobilizado com a tipóia”, confirmou Rubens Sampaio, mostrando o exame de raio-x e até um modelo da região afetada no braço do treinador.

Luxemburgo teve a lesão em um entrevero com torcedores do Palmeiras no final da semana passada, no Aeroporto de Congonhas. Porém, integrantes da Mancha Alviverde alegam que o treinador caiu sozinho ao tentar agredir um dos manifestantes.

Rubens Sampaio reconhece que a contusão de Luxemburgo foi motivada pela queda. “Não acompanhei o que aconteceu no aeroporto, mas essa fratura acontece quando a pessoa cai com a mão apoiada no chão”, disse o médico alviverde.

Nesta quarta-feira, Luxemburgo vai dirigir na Academia de futebol o primeiro treino com o braço imobilizado. Nas duas movimentações após a confusão, no sábado e nesta terça-feira, o treinador não esteve perto dos jogadores.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo