iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 18:09

Maradona alimenta polêmica com inglês na estréia

Terry Butcher disse que não perdoa o argentino pelo gol "Mão de Deus", em 1986; Ele fazia parte do elenco inglês na época 

Agência Estado


LONDRES (Inglaterra) - Diego Maradona sempre atraiu polêmica, e não seria diferente em sua estréia como técnico da seleção argentina. O ídolo está envolvido num bate-boca público com Terry Butcher, assistente-técnico da Escócia, com quem a Argentina joga às 18 horas (de Brasília) desta quarta-feira, em Glasgow.

Mas que se faça justiça com Maradona. Foi Butcher, ex-zagueiro mais do que viril até no nome (significa "açougueiro"), quem começou a briga. "Nunca vou perdoá-lo. Não vou apertar a mão dele. Temos de compartilhar a área técnica e para mim isso já é muito", disse Butcher.

A mágoa é por causa da "mão de Deus", primeiro gol do ex-camisa 10 contra a Inglaterra nas quartas-de-final da Copa de 1986. Butcher era zagueiro da seleção inglesa. Maradona levou uma equipe somente razoável ao título mundial naquele ano.

Com uma fleuma mais britânica que latina, Maradona devolveu a provocação do ex-zagueiro. "Não consigo entender essa atitude. Não vou perder o sono porque ele não vai apertar a minha mão. Pode ter certeza que eu ainda estarei vivo amanhã (quarta)", disse o agora técnico, lembrando que a Inglaterra ganhou a Copa de 1966 com um gol polêmico, contra a Alemanha.

Maradona estréia como treinador da Argentina no mesmo local onde fez a primeira partida como jogador da seleção. Em 1979, ele marcou o primeiro gol da vitória argentina sobre a Escócia, também num amistoso em Glasgow.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Getty Images

Rancor do passado
Mão na Copa do México, em 86, ainda não foi esquecida pelos rivais de Maradona

Topo