iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 17:39

Mancini admite mágoa, mas garante: “Grêmio é página virada”

Técnico foi demitido do Grêmio no início do ano mesmo sem perder sequer uma partida

Gazeta Esportiva

SALVADOR - O técnico Vágner Mancini ainda guarda certa mágoa do Grêmio, que o demitiu ainda no início da temporada com o time invicto. Atual comandante do Vitória e na mira de outros clubes do Brasileirão para a próxima temporada, o treinador revê o time gaúcho no próximo domingo, no Barradão. E espera atrapalhar a ex-equipe na luta pelo título do Nacional.

“Não posso encarar como jogo diferente, embora muitos acharão. É uma página virada da minha vida. Mas eu estaria sendo muito mentiroso se disse que não gostaria de vencer”, admitiu o técnico à Folha de S. Paulo. “Quero ganhar pois o Vitória está há sete jogos sem vencer, há a incomodação. Temos que entrar dispostos a vencer”, emendou.

Sobre sua saída precoce, Mancini disse que a culpa foi do ex-diretor do Grêmio, Paulo Pelaipe. “Um dia me disseram que saí porque era muito ofensivo. Outro dia que sai por um motivo ou outro. Na realidade, sai porque bati de frente com o vice de futebol da época”, decretou o treinador, elogiando o trabalho de seu sucessor.

“O trabalho do Celso Roth tem que ser valorizado. O Grêmio oscilou pouco. A maneira de jogar é diferente, tem que ser respeitada”, destacou. Mancini ainda prometeu mandar o time baiano para o ataque no domingo. “O Vitória tem uma maneira ofensiva de jogar e não vou mudar isso. Será um jogo emocionante”, concluiu.


Leia mais sobre: Grêmio Vitória Vágner Mancini



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo