iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 13:29

Inter recebe Chivas na busca por vaga na final da Sul-Americana

Tite não poderá contar com o meio-campo Alex, convocado para a seleção brasileira; D'Alessandro volta ao time

EFE

PORTO ALEGRE - O Internacional recebe o mexicano Chivas nesta quarta-feira, às 22h (Brasília), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na partida de volta das semifinais da Copa Sul-Americana, tentando manter a boa vantagem conseguida no jogo de ida e chegar à final da competição.

Diante do desempenho irregular no Brasileiro, no qual já não tem chances de título ou de vaga na Copa Libertadores do próximo ano, o time gaúcho concentrou forças para tentar ser o primeiro time do país a conquistar a competição continental.

O técnico Tite não poderá contar com o meio-campo Alex, convocado para a seleção brasileira para a partida amistosa de amanhã, contra Portugal, em Brasília.

Por outro lado, o treinador deverá contar com o meia argentino Andrés D'Alessandro, que ficou de fora da partida de ida devido a uma indisposição na hora do embarque para o México.

Apesar da boa vantagem conquistada na partida de ida, Tite poupou os titulares no jogo do último domingo contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro (derrota por 1 a 0 na Vila Belmiro), na qual só jogaram o goleiro Lauro e o meia Taison, que deve substituir Alex amanhã.

"Todos estão muito focados no objetivo. Estamos treinando forte porque sabemos que nada está ganho. Será uma partida difícil, com um adversário que se lançará ao ataque", analisa o lateral Marcão, em declarações ao site oficial do clube.

O Inter conta ainda com as estatísticas a seu favor, já que foi derrotado apenas duas vezes em casa este ano, e não perde por dois gols de diferença no Beira-Rio desde agosto de 2007.

O Chivas já está em Porto Alegre e confia em repetir a proeza de seu compatriota América do México, que eliminou o Flamengo na Copa Libertadores deste ano com uma vitória de 3 a 0 em pleno Maracanã, depois de ter perdido por dois gols de diferença em casa.

No sábado, o time venceu o Índios Juarez por 2 a 0 na última rodada do Torneio Apertura do Campeonato Mexicano, mas acabou eliminados da competição no saldo de gols. Assim, a Sul-Americana é a última chance de a equipe conquistar um título na temporada.

O técnico Efraín Flores foi criticado por ter escalado reservas na partida anterior pelo Apertura contra o Puebla, poupando titulares para o jogo de ida contra o Inter, e acabou sofrendo duas derrotas, além de perder boa parte das chances de classificação que tinha nos dois torneios.

Segundo a imprensa mexicana, se não conseguir levar o Chivas à final, Flores pode ser demitido para dar lugar ao espanhol Juande Ramos, ex-Sevilla e Tottenham.

O principal desfalque no Chivas será o atacante Omar Arellano, convocado para a seleção mexicana, e que deverá ser substituído por Alberto Medina, enquanto Juan Ocampo, com problemas físicos, é dúvida.

"O mais importante é que devemos fazer uma boa partida, jogar com muita ordem, muita intensidade e marcar bem os principais jogadores do Inter; nossa equipe vem bem física, técnica e mentalmente, por isso desenvolveremos uma estratégia para vencer", afirmou Flores.

O Chivas precisa vencer por pelo menos 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis, enquanto uma vitória por mais de dois gols dá a vaga diretamente ao time mexicano. Qualquer outro resultado classifica o Internacional.

Possíveis escalações: Internacional: Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro e Marcão; Edinho, Guiñazú, Magrão e D'Alessandro; Taison e Nilmar. Técnico: Tite.

Chivas: Hernández; Esparza, Reynoso, Ocampo e Mejía; Morales, Báez, Ávila e Medina; Fabián e Santana. Técnico: Efraín Flores.

Árbitro: Óscar Ruiz (COL), auxiliado por seus compatriotas Abraham González e Humberto Clavijo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo