iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/11 - 13:59

Após seis anos, Kaká comemora reencontro com público do DF

Jogador nascido em Brasília jogou pela última vez na cidade em 2002, numa vitória do São Paulo sobre o Gama

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - O amistoso entre Brasil e Portugal, nesta quarta-feira, marcará um dia bastante especial para Kaká. Pela primeira vez em mais de seis anos, o melhor jogador do mundo do último ano voltará a atuar no Distrito Federal, onde nasceu.

A última vez que o meia jogou perto de Brasília, sua cidade-natal, foi em 15 de agosto de 2002, quando o São Paulo venceu o Gama por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro. De lá para cá, Kaká foi vendido para o Milan, o Gama foi rebaixado para a Série B do Brasileirão e o estádio Bezerrão foi reformado.

Passado todo este longo período, Kaká finalmente voltará a jogar no Bezerrão. Após quase três anos em obras, o estádio será o palco do amistoso entre brasileiros e portugueses nesta quarta-feira, às 22 horas (horário de Brasília). E além disso, marcará o reencontro de Kaká com o público candango.

“Toda minha família mora em Brasília, minha terra-natal. Estar de volta e poder jogar no Brasil de novo é muito legal”, comemorou o meia, que mesmo jogando pouco no Distrito Federal ao longo da carreira, comemora a proximidade geográfica com seus familiares.

“Sempre venho a Brasília. Mesmo morando fora, sempre venho a Brasília pelo menos duas vezes por ano. Tenho um contato muito próximo com meus familiares”, explicou o astro brasileiro, ansioso pelo reencontro com a família na cidade-satélite do Gama.

Curiosamente, Kaká passou em branco na vitória do São Paulo sobre o Gama em 2002. Mesmo tendo iniciado a jogada de um gol marcado por Reinaldo (anulado pela arbitragem, que assinalou impedimento após o rebote de Pitarelli), o meia não balançou as redes. Coube a Júlio Santos o gol da vitória tricolor da ocasião.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo