iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 15:21

Técnico vê relaxamento natural no Vitória
"A gente apóia, estimula o elenco, mas enfrentamos times que estão lutando na parte de baixo da tabela e fica mais difícil", disse o treinador Vágner Mancini

 

Gazeta Esportiva

SALVADOR - O Vitória chegou a ser vice-líder do Brasileirão no primeiro turno, mas despencou na tabela e completa nesta segunda-feira 45 dias sem vitória no torneio. Para o técnico Vágner Mancini, o time rubro-negro relaxou nesta reta final.

“Houve um relaxamento natural, já que não temos mais chances de ganhar o campeonato. A gente apóia, estimula o elenco, mas enfrentamos times que estão lutando na parte de baixo da tabela e fica mais difícil. Oscilamos muito neste segundo turno”, lamentou.

Neste domingo, o time enfrentou o Atlético-PR, ameaçado pelo rebaixamento, repleto de desfalques e acabou perdendo de virada por 2 a 1. Mancini deixou o campo reclamando muito da arbitragem e os jogadores seguiram a linha do comandante.

O motivo da revolta foi a expulsão do atacante Robert, quando a partida ainda estava empatada em 1 a 1. “Houve um certo exagero do juiz. Ele deu o vermelho direto ao Robert, que não é um jogador violento”, queixou-se o goleiro Gleguer, que fez sua estréia em Curitiba.

Sem vencer há sete jogos, o Leão baiano volta a campo no próximo domingo, quando recebe o vice-líder Grêmio em Salvador. O zagueiro Thiago Gomes levou o terceiro amarelo ante o Furacão e cumpre suspensão, mas Mancini terá seis reforços para encerrar o jejum.

O goleiro Viáfara, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, os zagueiros Leonardo Silva e Anderson Martins, o volante Vanderson e o atacante Marquinhos voltam a ficar à disposição depois de terem cumprido gancho em Curitiba. “Mesmo com tantos desfalques, acho que a equipe acabou indo bem. Ainda jogamos em condições atípicas, com chuva e frio”, argumentou Mancini após a derrota deste domingo.

O treinador rubro-negro inicia a preparação visando o duelo ante os gaúchos nesta terça-feira, quando o grupo se reapresenta e treina em dois períodos. Sem vencer desde o dia 3 de outubro, quando fez 3 a 1 na Portuguesa, no Canindé, o campeão baiano segue com 45 pontos, na 11ª colocação, e ainda não garantiu a vaga na próxima Copa Sul-americana.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo