iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 10:01

Roth quer os três pontos acima de tudo

Técnico do tricolor gaúcho não se intimida em dizer que buscará apenas o resultado nos últimos 3 jogos do Brasileirão

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O Grêmio fez o que era necessário no domingo e bateu o Coritiba por 2 a 1. O resultado manteve o Tricolor a dois pontos do São Paulo, líder do Brasileirão.

O time do técnico Celso Roth parece ter jogado a irregularidade para longe e se não voltou a apresentar um futebol de luxo, fez uma atuação sólida, correndo poucos riscos.

Isso bastou para deixar o treinador contente. No momento, Roth está mais preocupado com a conquista da vitória do que em ter um grande desempenho técnico e tático dentro de campo. Seu objetivo é somar pontos e esperar um vacilo do São Paulo.

“O mais importante é conseguir os três pontos, mesmo quando não se faz uma boa partida. O importante é conseguir a vitória. Até porque os adversários estão mais tranqüilos e nós sob pressão”, observou o comandante tricolor.

Com os gaúchos obrigados a vencer, os adversários entram para os confrontos com menos responsabilidade, o que acaba dificultando a tarefa. É o caso do próximo oponente, o Vitória. Os baianos estão bem encaminhados para a conquista de uma vaga à Sul-americana e sem perigo de serem rebaixados. Mesmo assim, jogarão motivados.

“Eu ouvi aí, parece que os jogadores do Vitória na partida anterior levaram cartões para enfrentarem o Grêmio. O Grêmio está assim, levando as coisas assim. O Figueirense veio aqui jogar a vida. Vamos levando, sabendo que enfrentaremos dificuldades”, comentou Roth sobre o fato de sete atletas do Vitória terem forçado o terceiro cartão amarelo na partida diante do Atlético Mineiro.

Se no geral, a performance gremista agradou diante do Coxa Branca, o ataque foi o setor mais falho da equipe tricolor. Os dois gols foram marcados em chutes que contaram com o desvio da zaga para chegarem às redes. Roth diz que a parte ofensiva do time está correspondendo satisfatoriamente, porém “o ataque poderia e poderá concluir mais”, salientou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo