iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 20:01

Pelé reencontra oponentes em evento comemorativo a 58 na Suécia
Pelé aproveitou para defender sua idéia de formar uma seleção brasileira somente com atletas que estão no país

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Quase cinco meses depois de uma série de festas no Brasil em alusão ao cinqüentenário da primeira Copa do Mundo conquistada pelo país, Pelé participou nesta segunda-feira de mais um evento que relembra o feito verde-amarelo. Desta vez, a sede foi a mesma daquele Mundial: Estocolmo, na Suécia, onde o Rei reencontrou alguns dos adversários vencidos por 5 a 2 naquele histórico 28 de junho.

No Estádio Rasunda, onde a decisão foi disputada há 50 anos, o ex-jogador brasileiro trocou abraços e exibiu sorrisos com Agne Simonsson, Reino Börjesson e Kurt Hamrin, todos presentes no time vice-campeão mundial naquela competição, além do também sueco Lennart Johansson, ex-presidente da Uefa.

Alegre com mais uma homenagem, o eterno camisa 10 ainda ouviu os elogios de que “sempre será o melhor de todos os tempos” e ainda achou tempo para demonstrar ansiedade para um futuro encontro com o atacante Zlatan Ibrahimovic, da Inter de Milão, e a rainha Silvia, criada no Brasil.

Em meio aos cumprimentos com antigos jogadores, Pelé aproveitou para defender sua idéia de formar uma seleção brasileira somente com atletas que estão no país. Para o craque, só desta maneira é possível treinar o time com tempo suficiente para entrosar todos e apresentar o futebol convincente que tem sido raro na Era Dunga.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Cinco meses depois...
Suecos prestam homenagem ao Rei Pelé pelo título da Copa do Mundo de 1958

Topo