iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 22:11

Luxa entra com representação de lesão corporal contra organizada

Luxa deverá ser chamado para depor e realizar exame de corpo-delito

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Após ser agredido por integrantes da torcida organizada Mancha Alviverde no aeroporto de Congonhas durante o embarque para o Rio de Janeiro, o técnico Wanderley Luxemburgo prometeu ir até as últimas conseqüências para punir os responsáveis. Nesta segunda-feira, o primeiro passo foi dado para cumprir essa promessa.

O advogado do treinador, Antonio Carlos Sandoval Catta-Preta, apresentou uma representação de lesão corporal contra a organizada ao 23º Distrito Policial, em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo. Um inquérito deve ser estabelecido, para depois chegar ao Fórum Criminal, sendo acompanhado pelo Ministério Público.

Um inquérito já havia sido requisitado por Catta-Preta após a derrota do Palmeiras para o Grêmio em 9 de novembro, quando o treinador sofreu tentativa de agressão por um conselheiro do clube e recebeu ameaças. Com a confusão em Congonhas, este incidente deve ser incluído no novo processo.

Wanderley Luxemburgo deverá ser chamado para depor e realizar exame de corpo-delito, algo que não ocorreu após as agressões no aeroporto – o treinador apenas foi levado ao ambulatório local, onde foi constatada a existência de uma pequena fratura no cotovelo direito.

O comandante alviverde afirmou, após o episódio, ter identificado os agressores como membros e dirigentes da principal facção organizada da torcida alviverde. Estes, por sua vez, acusaram Luxemburgo de ter iniciado a confusão.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo