iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 14:36

Fluminense evita relaxamento e matemática
"Se algum jogador dê sinais de que está relaxando ou que não está se empenhando vai perder a vaga de titular do Fluminense", disse o técnico Renê Simões

 

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Com a vitória de 3 a 1 sobre a Portuguesa, o Fluminense assumiu a 15ª posição do Campeonato Brasileiro, com 40 pontos e, segundo os matemáticos, precisa de mais três para afastar qualquer risco de rebaixamento. Apesar de a meta estar mais próxima, o técnico René Simões e a comissão técnica vão trabalhar para conter qualquer tipo de relaxamento no grupo.

“Não pode haver relaxamento porque ainda não garantimos a permanência na Primeira Divisão. Um profissional nunca pode relaxar, pois ele tem compromisso com a sua carreira e com o clube. O empenho tem que ser o máximo, principalmente porque continuamos necessitando dos três pontos contra o Internacional. Se algum jogador dê sinais de que está relaxando ou que não está se empenhando vai perder a vaga de titular do Fluminense. Quero todos concentrados”, cobrou o treinador.

O Flu visita o Internacional, mais preocupado com a Copa Sul-americana, no próximo domingo, no Beira-Rio. Depois, encara o São Paulo no Morumbi, no próximo dia 30, e fecha sua participação ante o lanterna Ipatinga, em 7 de dezembro, no Rio.

Sobre os jogos restantes, René Simões disse que não pretende ficar fazendo contas nas para saber qual a pontuação necessária para escapar do rebaixamento e chegou a brincar com o assunto. ”Eu sempre fui ruim em Matemática. Minhas notas na escola eram seis e seis e meio. Era bom em Português, História e Geografia. No futebol a matemática é ganhar sempre. Agora, temos que pensar em vencer o Internacional”, analisou René.

Os jogadores do Tricolor concordam com o comandante e garantem que não vai faltar empenho nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Para o volante Fabinho, o time não deve pensar apenas em escapar da degola.

”O Fluminense não afastou o risco de rebaixamento com a vitória sobre a Portuguesa, apesar de termos dado um passo muito importante para isso. Mas ainda precisamos de mais pontos e temos que ganhar do Internacional, senão os concorrentes diretos podem vencer e voltaremos para a zona de risco”, alertou.

“Mesmo quando esse pesadelo acabar, se ainda estiver com jogos para cumprir podemos pensar na vaga na Copa Sul-Americana, que seria muito bom devido ao campeonato. Mas nossa prioridade ainda é afastar o risco de queda”, completou Fabinho.

O elenco tricolor ganhou folga também nesta segunda-feira, a exemplo do que aconteceu no domingo passado. Com isso, a reapresentação acontecerá apenas nesta terça, quando começa a preparação para a partida diante do Colorado. Para este jogo, René poderá contar com o retorno do lateral-direito Carlinhos, que cumpriu suspensão diante da Portuguesa e vai voltar na vaga de Eduardo Ratinho.

Também existe a possibilidade de os meias Tartá e Maicon, que foram bem ante a Lusa, serem aproveitados desde o início, porém como o jogo é fora de casa a tendência é a base ser mantida. O desfalque é o volante Wellington Monteiro, que não pode jogar por questões contratuais, pois foi cedido por empréstimo pelo Internacional. Romeu deve ocupar a vaga.

Desta forma. um esboço de time para o próximo domingo seria o seguinte: Fernando Henrique, Carlinhos, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Romeu, Arouca e Darío Conca; Everton Santos e Washington. Nesta terça-feira o trabalho será em tempo integral.

”Vamos analisar e observar o que vai acontecer nos treinos da semana para definirmos a equipe para este jogo contra o Internacional. Ainda é muito cedo para fazermos qualquer análise sobre a melhor maneira de armar o time para este duelo”, concluiu René Simões, sem adiantar qualquer modificação no time.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo