iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/11 - 23:40, atualizada às 09:01 17/11

Palmeiras monta esquema especial, mas desembarca em paz

Forte planejamento da segurança proibiu até mesmo os jogadores de passarem pelo saguão de Congonhas

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As ameaças feitas a Vanderlei Luxemburgo após a goleada por 5 a 2 sobre o Flamengo não se confirmaram. Ao contrário do que o técnico revelou ter ouvido, a torcida organizada não deu as caras no Aeroporto de Cogonhas. Mesmo assim, a delegação montou forte esquema de segurança evitando até mesmo a passagem dos jogadores pelo saguão.

Cautelosa após até mesmo o diretor de futebol Savério Orlandi ter recebido ameaças de morte, o grupo alviverde tinha quatro viaturas do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) e quatro do Grupo de Operações Especiais (GOE) para escoltá-lo com seguranças à paisana do clube.

Além disso, o ônibus responsável por transportar jogadores e comissão técnica entou na pista para que todos desembarcassem, passassem por um portão alternativo e fossem levados diretamente para o centro de treinamento.

Enquanto a estratégia era cumprida, o saguão, mesmo local onde integrantes de uma torcida organizada palmeirense fraturaram o cotovelo direito de Luxemburgo, tinha apenas dois torcedores. Ambos garantiram não ter ligação com nenhuma organizada e carregavam sacos de pipocas que deveriam ser atiradas em atletas e comissão técnica.

Longe até do protesto pacífico, a delegação chegou por volta das 23 horas (de Brasília) à Academia de futebol, sempre escoltada pela segurança especial encomendada pelo clube. De lá, todos saíram em seus carros pessoais, sem falar com ninguém.

Dentre os que saíram do local, o destaque foi Luxemburgo. Acompanhado pelas viaturas da Garra e do GOE, o técnico deixou o centro de treinamento calado. Acredita-se que o destino seria uma delegacia, onde o comandante prestaria depoimento sobre a confusão de sexta-feira. O treinador diz ter identificado em meio ao entrevero André Guerra, presidente da Mancha Alviverde, e outros diretores.


Leia mais sobre: Vanderlei Luxemburgo Palmeiras



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Apenas dois torcedores
Depois de confusão com Luxa, palmeirenses aguardavam com pipocas para protesto

Topo