iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/11 - 21:45

Muricy lamenta agressão a Luxemburgo

"Todos temos família. Vaiar tudo bem, mas agredir não dá para entender”, disse o treinador do São Paulo

Gazeta Esportiva

A agressão ao técnico palmeirense Vanderlei Luxemburgo repercutiu também no cotidiano de outros clubes. Depois da vitória por 3 a 1 do São Paulo sobre o Figueirense, o técnico Muricy Ramalho lamentou a agressão sofrida pelo colega de profissão.

“Eu não vi, só ouvi falar porque não me preocupo muito com outros times. Não sei como é o dia-a-dia deles lá, mas agressão nunca é correta. Estamos sempre no clube para trabalhar e fazer o melhor, ninguém quer perder. É importante dizer também que todos temos família. Vaiar tudo bem, mas agredir não dá para entender”, comentou.

Vanderlei Luxemburgo foi agredido por torcedores no embarque da delegação do Palmeiras para o Rio de Janeiro, na noite de sexta-feira. Muricy preferiu não analisar detalhadamente o caso, mas explicou que é preciso tomar cuidado atualmente com as palavras para evitar confusões.

“Não sabemos o que é tudo isso. Por isso, as pessoas têm de tomar cuidado como fala e com as atitudes. De vez em quando, me convidam para ir a algum lugar (para entrevista) e não vou porque sou ‘bocudo’. É bom ficar quieto. Essa semana, vocês (jornalistas) não me convidem para nada”, afirmou.


Leia mais sobre: Muricy Ramalho Vanderlei Luxemburgo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo