iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/11 - 11:15

Kléber volta ao STJD por suposta agressão contra Asprilla

Atacante já foi julgado e considerado absolvido, mas ainda pode receber pena que varia de dois a seis jogos

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Palmeiras recebeu más notícias neste domingo. Um dos artilheiros do time na temporada, o atacante Kléber será julgado novamente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta de uma suposta agressão contra Asprilla, do Figueirense, e, se condenado, pode, no mínimo, perder as partidas contra o Ipatinga, no dia 23, e Vitória, no dia 30.

A sessão está marcada para a próxima quarta-feira, a partir das 10 horas (horário de Brasília). O lance em questão ocorreu durante uma disputa de bola no empate por 0 a 0 contra o time catarinense, em 08 de outubro no estádio Orlando Scarpelli. O palmeirense foi advertido com um cartão amarelo, mas ainda assim foi a julgamento no STJD por conta de imagens gravadas em vídeo.

Na ocasião, o jogador respondeu ao artigo 254 (Praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Entretanto, ele acabou absolvido por maioria de votos e escapou de uma pena que varia de dois a seis jogos de suspensão, mesma suspensão que corre o risco de pegar agora.

Após a partida em Santa Catarina, o próprio Asprilla afirmou não ter encarado o ato como agressão, mas sim como um fato normal da partida. “Ele pediu desculpas na hora. Não tem problema nenhum”, declarou o jogador do Figueira. Apesar disto, a Procuradoria alega que lances violentos não podem ficar impunes.

Diego Souza - O Palmeiras passou por caso semelhante recentemente. Na semana da partida decisiva contra o Grêmio, o time paulista perdeu o meio-campista Diego Souza por conta de uma suspensão oriunda de um lance envolvendo o volante Fabrício, do Cruzeiro, em 14 de setembro.

O camisa sete, que sequer viu falta marcada contra sua equipe na jogada, havia sido absolvido em um primeiro julgamento, mas não escapou da punição no recurso pedido pela Promotoria e não pôde atuar contra os gapuchos. Irritada, a diretoria do Palmeiras pediu coerência e critério ao STJD.

Quarto colocado no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras enfrenta o Flamengo neste domingo, às 17 horas, no estádio do Maracanã.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo