iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/11 - 10:33

Palmeiras projeta 100% na reta final e avisa: o sonho não acabou
“Na minha opinião, temos que ganhar todos os jogos para continuar na briga pelo título", disparou Roque Júnior

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Apesar da decepção geral com a derrota para o Grêmio no domingo, ninguém do Palmeiras quer colocar o clube fora da briga pelo título brasileiro. E o elenco, que já liderou a competição há seis rodadas, reforça a confiança na taça já com um planejamento ambicioso: vencer as quatro partidas que restam para o fim da competição.

Em quarto lugar e a quatro pontos do líder São Paulo, o Verdão calcula que somando mais 12 pontos é possível ser campeão. “Na minha opinião, temos que ganhar todos os jogos para continuar na briga pelo título. Não depende mais só da gente e temos que esperar um tropeço dos outros. Mas primeiro temos que ver os nossos jogos”, alerta Roque Júnior.

Se cumprirem as projeções do zagueiro e baterem Flamengo, Ipatinga, Vitória e Botafogo, os comandados de Wanderley Luxemburgo cumprirão uma tarefa inédita neste Brasileiro. A maior seqüência de vitórias estabelecida pelo time foi de três, o que ocorreu duas vezes, ambas no primeiro turno – superou Cruzeiro, Vasco e Náutico entre a sexta e a oitava rodada, assim como Flamengo, Ipatinga e Vitória na 16ª, 17ª e 18ª rodadas.

Assim como alcançar 100% de aproveitamento na reta final, os alviverdes crêem que o Tricolor paulista repetirá a sina dos outros seis clubes que já lideraram o Nacional (incluindo o Verdão) e vacilar a ponto de perder a primeira colocação. “O São Paulo está na frente, mas Cruzeiro, Flamengo e Grêmio também já foram líderes e caíram. Isso pode acontecer de novo agora”, acredita Roque.

“Ainda faltam 12 pontos e o campeonato tem mostrado que tudo pode acontecer neste tempo. Esse campeonato tem provado que a cada rodada a tabela muda muito. Acho que o campeonato só vai ser decidido na última ou penúltima rodada”, aposta o camisa 33.

A ordem, porém, é não se preocupar em ‘secar’ o arqui-rival e pensar somente em ganhar tudo que resta. “Todo jogo é uma decisão há bastante tempo. E o campeonato chegou na fase em que a derrota não te dá mais chance de recuperação, o tempo é muito curto. Mas ainda temos possibilidade de Libertadores e de título. O sonho não acabou”, decreta Diego Souza.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo