iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/11 - 18:08

Mesmo gaúcho, Gaciba é aprovado pela diretoria do Verdão
"Claro que depois do jogo faremos uma análise e podemos reclamar, mas não é um nome que nos desagrada", disse o gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio

 

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O sorteio que definiu as escalas da 35ª rodada do Brasileiro reservou a Leonardo Gaciba a incumbência de apitar o decisivo jogo entre Palmeiras e Flamengo neste domingo. Na última vez em que o encontrou, Wanderley Luxemburgo e seus jogadores não pouparam críticas ao gaúcho.

Para o duelo no Maracanã, no entanto, as declarações são apaziguadoras.

Gaciba foi o responsável por conduzir o confronto que terminou empatado por 0 a 0 entre Verdão e Figueirense, no Orlando Scarpelli, em 8 de outubro. O resultado tirou os paulistas da liderança e o árbitro deixou os alviverdes revoltados por seu “critério de faltas” – o principal alvo era o zagueiro Alex Bruno, que teria exagerado e, na opinião dos visitantes, deveria ter sido expulso.

Contudo, não gera apreensão nenhuma a presença do gaúcho em um confronto que pode dificultar ainda mais as chances palmeirenses de se tornar campeão brasileiro. “A posição da diretoria do Palmeiras é de aprovação ao Gaciba. Aceitamos o nome dele, é um dos grandes árbitros do Brasil”, enaltece o gerente de futebol Toninho Cecílio.

Apesar da tranqüilidade mostrada pelos dirigentes, a escalação de arbitragem nesta rodada, entretanto, causou estranheza. Tanto para o compromisso do líder São Paulo, que recebe o Figueirense no domingo, quanto no confronto direto entre Palmeiras e Flamengo, as duas opções eram Carlos Eugênio Simon ou Leonardo Gaciba – ambos gaúchos, como o vice-líder Grêmio.

A ‘coincidência’, no entanto, já foi relevada pelo clube do Morumbi e o arqui-rival do Palestra Itália acompanha o tom avesso às polêmicas. “Não nos importamos se o árbitro é gaúcho ou não. O Gaciba tem a aprovação da diretoria. Claro que depois do jogo faremos uma análise da atuação dele e podemos reclamar, mas não é um nome que nos desagrada”, diz Toninho.

Se o apitador não assusta, a torcida no Palmeiras é para que o time não repita o mau desempenho das últimas partidas, principalmente na última visita ao Maracanã, quando perdeu por 3 a 0 para o Fluminense. “Temos total confiança no elenco. Jogos abaixo do esperado sempre acontecem, mas garanto que ninguém está aqui sem merecer estar no Palmeiras”, assegura o gerente de futebol.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo