iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/11 - 20:28

Carlinhos volta a exigir explicação de Mano Menezes

Zagueiro foi perguntar porque Mano o teria chamado de 'assassino', em referência a acidente automobilístico de 1996

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O zagueiro Carlinhos não esqueceu a intriga que protagonizou com o técnico Mano Menezes em 9 de março, pelo Campeonato Paulista. Então no Guaratinguetá, o jogador acusou o comandante do Corinthians de chamá-lo de “assassino”, em referência a acidente automobilístico em que se envolveu em 1996, em Caxias do Sul.

“Foi um acidente. O nome já diz o que é: acidente”, defendeu-se Carlinhos, irritado. Ele jogava na Juventude à época da tragédia. “Tinha familiares envolvidos. Só queria saber o porquê de ele me insultar desse jeito. É um técnico que está em um clube grande como o Corinthians e deveria ter cuidado com o que fala”, esbravejou.

Hoje, Carlinhos está no Vila Nova. Foi titular na derrota por 3 a 1 para o Corinthians, neste sábado, no Pacaembu, e cobrou pessoalmente explicações de Mano Menezes após a partida. “Ele disse que o assunto era para ser resolvido só entre nós dois”, acusou o zagueiro.

Mano desconversou ao comentar as declarações de Carlinhos. “Isso foi um episódio de quando ele estava no Guaratinguetá. Seria melhor que conversássemos internamente, e não pela imprensa. Não gosto de externar a questão”, afirmou.

Carlinhos, no entanto, promete que a polêmica não será rememorada no próximo reencontro com Mano Menezes. “Agora, está tudo bem. Isso já passou. Não guardo mágoas”, perdoou o jogador do Vila Nova.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo