iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/11 - 20:22

Verdão espera que “vacina” do Fluminense surta efeito no domingo
“Temos condições de ganhar no Maracanã. O Grêmio veio aqui e ganhou da gente, porque não podemos fazer o mesmo?", disse Roque Júnior

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A última passagem do Palmeiras pelo Maracanã foi traumática. Há três rodadas, o campeão paulista viu o São Paulo ultrapassá-lo ao cair por 3 a 0 diante do Fluminense em uma das piores atuações da temporada.

O desempenho gerou críticas do goleiro Marcos que repercutiram nos dias seguintes. Um cenário que serve de lição para o duelo deste domingo, contra o Flamengo.

Na volta ao principal estádio carioca, a expectativa dos comandados de Vanderlei Luxemburgo é encontrar o mesmo ambiente daquele 25 de outubro, com a diferença de que os mandantes desta vez brigam por uma vaga na Libertadores ou até pelo título, e não contra o rebaixamento, como era o caso do Tricolor.

“Já estamos vacinados. Sabemos que vai estar quente, a torcida vai estar em cima da gente. Mas sabemos o que queremos lá: a vitória”, garante Diego Souza, revelado no Fluminense e que já vestiu a camisa do Flamengo, mas ainda não esteve no Maracanã neste ano porque tinha de cumprir suspensão.

Mesmo sem ter atuado em sua antiga casa, o camisa 7 tem a receita para o Verdão voltar do Rio de Janeiro com três pontos. “Quando o time da casa começa com volume de jogo, atrapalha o adversário porque a torcida empurra para frente. Se o Palmeiras chegar lá devagar, não marcar em cima, a torcida vai inflamar e o Flamengo vem com mais força. Aí vai ser difícil vencer”, avisa o meia.

“É um jogo decisivo. Se a gente der espaço, vai ser muito difícil conseguir a vitória. Mas se jogarmos direitinho, bem postados como o Vanderlei quer, não tem torcida que nos atrapalhe. Temos que marcar forte e atacar quando der, no contra-ataque. Temos que ser inteligentes para conseguir vencer”, continua Diego.

As palavras do jogador que desfalcou o time na derrota para o Grêmio é acompanhada por outro ausente no domingo. Assim como Diego, Roque Júnior também não encarou o Fluminense há três rodadas por cumprir suspensão. Mesmo assim, vê no mais recente tropeço alviverde uma lição para triunfar em território flamenguista.

“Temos condições de ganhar no Maracanã. O Grêmio veio aqui e ganhou da gente, porque não podemos fazer o mesmo? Respeitamos o Flamengo, mas estamos em pé de igualdade com eles”, analisa o zagueiro, ciente do poderio da equipe de Caio Júnior.

“Conheço bem o Flamengo, eles tem um bom time, com jogadores como o Marcelinho Paraíba, o Ibson, o Kléberson. Mas não tem muito o que falar além disso. É um jogo difícil. Temos que ser inteligentes, jogar no erro do Flamengo, que vai querer sair para o jogo por ser uma decisão para eles também e jogar diante da torcida”, explica, descartando uma goleada. “1 a 0 para o Palmeiras está de bom tamanho, o que importa é a vitória”.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo