iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/11 - 21:12

Criciúma x Gama: vitória ou “pé” na Série C
Antepenúltimo colocado na tabela, três pontos à frente do rival do Distrito Federal, o Tigre catarinense sabe que um tropeço em casa poderá selar a queda

Gazeta Esportiva

CRICIÚMA - Promoção de ingressos, mistério na escalação e ousadia. Essas são as armas do Criciúma para a partida deste sábado, às 20h40 (de Brasília), no Heriberto Hulse, diante do Gama, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Antepenúltimo colocado na tabela de classificação, três pontos à frente do rival do Distrito Federal, o Tigre catarinense sabe que um tropeço em casa poderá selar a queda da equipe para a Série C Nacional. Por isso, reúne todas as armas disponíveis para mandar o Gama à Terceirona em seu lugar.

A primeira delas não entra em campo, mas pode ser decisiva: a torcida. Disposta a lotar o Heriberto Hulse, a direção anunciou que sócios em dia pagarão apenas R$ 7, enquanto crianças (acompanhadas de um adulto) gastarão R$ 2 por um ingresso e mulheres entrarão de graça.

Dentro das quatro linhas, o tom é de mistério. O técnico Luiz Gonzaga Milioli não revelou sequer qual o goleiro que começará o duelo. Zé Carlos treinou a maior parte da semana como titular, mas Vinícius tem boas chances de começar jogando.

Na zaga, o técnico depende do aval do departamento médico para colocar Wéscley. Caso, isso não aconteça, Leonardo e Éverton brigarão pela posição. Já no meio-campo não há dúvidas: Basílio, que cumpriu suspensão automática diante do Marília, tem retorno garantido e formará o setor ao lado de Luciano Bebê, Paraná e Canindé, com Luiz André sendo deslocado para a lateral direita.

A última dúvida de Milioli está no setor ofensivo, entre Sidnei e Acerola. O único confirmado na linha de frente é Zulu, esperança de gols do Tigre para se manter na Segunda Divisão em 2009.

Ainda com fé
Depois de ter dado como certo o rebaixamento do Gama à Série C tão logo terminou o jogo em que seu time foi derrotado por 2 a 1 pelo Paraná Clube, o treinador da equipe, Jean Cláudio, voltou atrás e afirmou ainda acreditar na salvação da equipe, penúltima da tabela, com 34 pontos.

Pensando exclusivamente na vitória para não colocar os dois pés na lama, o treinador candango terá problemas. O atacante Bebeto foi vetado pelo departamento médico por causa de uma lesão no pé e fica fora. O lateral Rodrigo Ninja e o volante Julio César, suspensos, são os outros desfalques. João Vitor, fora contra o Paraná, retorna à zaga.

Além de vencer o Criciúma, o Gama, que completará 23 anos de existência neste sábado, terá que torcer para que o América-RN, primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 40 pontos, não vença o São Caetano, no ABC.

Se o time potiguar somar mais três pontos na rodada, rebaixará matematicamente a equipe do Distrito Federal, independentemente do resultado do Heriberto Hulse, pois não poderá mais ser alcançada nos critérios de desempate.

FICHA TÉCNICA:
CRICIÚMA X GAMA

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 15 de novembro de 2008 (sábado)
Horário: 20h40 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Gilson Bento Coutinho (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

CRICIÚMA: Vinícius (Zé Carlos); Luiz André, Wéscley (Leonardo), Claudio Luiz e Mateus; Basílio, Paraná, Bebê e Canindé; Acerola (Sidnei) e Zulú
Técnico: Luiz Gonzaga Milioli

GAMA: André Zandoná; Edylton, Pedro Paulo, João Vitor e Lucas Silva; André Silva, Uélliton, Edimar e Thiaguinho; Dendel e Adriano Magrão
Técnico: Jean Cláudio


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo