iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/11 - 17:21

Racismo de torcedores pode render punição ao Juventude

Clube pode perder mando de campo, ser multado e, se for reincidente, ser excluído do campeonato, diz procurador

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - As denúncias de racismo do goleiro Felipe após a vitória do Corinthians em cima do Juventude nessa quarta-feira chamaram a atenção do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O jogador afirmou ter sofrido ofensivas racistas antes, durante e depois do jogo pela torcida gaúcha e, por isso, o Alviverde é quem poderá "pagar o pato".

Para o procurador-geral Paulo Schmitt, o fato será levado à frente. “Isto é gravíssimo, sim. Mas é preciso provas contundentes. O clube pode perder mando de campo, ser multado e, se for reincidente, ser excluído do campeonato”, afirmou ao site Justiça Desportiva.

Dentro do código do órgão, o Juventude pode ser enquadrado em dois artigos. O 187 (ofensas morais) e o 213 (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto).

As punições que estão previstas para estes artigos são rigorosas. Caso seja denunciado no artigo 187, o Juventude pode ser punido com multa de R$ 10 mil a R$ 200 mil e perda do mando de campo de uma a 10 partidas, enquanto o artigo 213 prevê a mesma pena e a exclusão do campeonato, no caso de reincidência.


Leia mais sobre: Corinthians Juventude racismo no futebol



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Nada como um dia após o outro
Depois dos incidentes de Caxias do Sul, Felipe voltou a São Paulo e sentiu o carinho das fãs

Topo